Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
11 de Dezembro de 2009

O "Pinóquio" está hoje em Bragança para encerrar a Mascararte. A participação do boneco que faz parte do imaginário infantil pretende trazer uma certa dimensão lúdica mais destinadas às crianças e resulta de uma parceria com a ACERT – Trigo Limpo, de Santa Maria da Feira. Esta entidade tem vindo a organizar o Festival “Imaginarte” que este ano se centrou na temática do Pinóquio. Dai a participação de um boneco de grandes dimensões, feito a propósito daquele festival, nas festividades de Bragança. A acompanhar o Pinóquio, num desfile da Câmara Municipal ao Teatro, esteve a Instável Orquestra, também de Santa Maria da Feira, além de gaiteiros e outros grupos musicais. A Bienal encerra logo às 23h30 com a queima do "Mascareto", um careto de gigantescas proporções que simboliza os rituais de passagem celebrados, por esta altura, em todo o Nordeste Transmontano.

07 de Dezembro de 2009

 Há cada vez mais artesãos jovens a trabalhar a máscara, elemento integrante dos rituais de Inverno tradicionais do Nordeste Transmontano e da vizinha Castela e Leão. Na Feira da Máscara, localizada, este ano, pela primeira vez, na Praça Cavaleiro Ferreira, participaram mais jovens e artesãos locais com materiais alusivos às tradições das Festas dos Rapazes. Fátima Fernandes, vereadora da cultura, considera que ao longo destes quatro anos da IV Bienal da Máscara, têm-se conseguido divulgar mais a temática e envolver mais os jovens nestas tradições.

“Este ano conseguimos ter mais artesãos a participar, artesãos que trabalham sobre a temática das máscaras nas suas múltiplas vertentes”, apontou.

Um maior envolvimento que tem chegado também ao Museu Ibérico da Máscara e do Traje, instalado, desde há dois anos, na zona do castelo de Bragança e que, este ano, conta com mais material expositivo chegado de várias aldeias do concelho e da zona fronteiriça de Espanha, onde estes rituais têm também tradição.

Nesta bienal, o Museu do Oriente quis também associar-se e marcar presença com o envio de máscaras,”Outras Máscaras”, em exposição no Centro Cultural da cidade.

Segundo a vereadora, a receptividade a estas tradições tem vindo a crescer, havendo já um certo “reconhecimento” e “identificação” dos transmontanos com estes rituais.

“Há mais pessoas a querer participar e maior receptividade. As pessoas reconhecem-se nas nossas tradições”, considerou.

A Mascararte abriu no dia 1 de Dezembro e encerra a 11 com a “queima do Mascareto”, um espectáculo multimédia que irá envolver grupos de mascarados, gaiteiros, alunos das escolas e o “Pinóquio”, que, pela primeira vez, participa nestes rituais.

Ao longo de duas semanas, foram promovidas conferências, apresentação de obras, exposições de pinturas e concertos relacionados com a temática.

 

Posts mais comentados
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO