Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
10 de Janeiro de 2010

A neve obrigou ao corte do trânsito no IP4 na Serra do Marão, entre Vila Real e Amarante, e reteve vários autocarros em Montalegre.

Apesar de a única via cortada ao trânsito ser o IP4,  os condutores deverão ter as máximas precauções em todas as estradas do distrito, principais e secundárias.

Mais a Sul, a neve obrigou igualmente à interrupção do trânsito em algumas estradas do distrito de Viseu e em todas as vias de acesso ao maciço central da Serra da Estrela.

O trânsito está também condicionado em algumas zonas altas da Covilhã, por isso a autarquia está a espalhar sal nas ruas para derreter a neve, que cai sem parar desde as 07:30 deste domingo.

Três estradas no distrito de Viseu, situadas nos concelhos de Castro Daire, Cinfães, Resende e Lamego, encontram-se também cortadas.

São elas, a EN 321, que liga Castro Daire a Cinfães, e as estradas municipais 1057, que estabelece a ligação entre S. Martinho de Mouros (Resende) e Lamego, e a 550, entre Resende e Felgueiras (concelho de Resende).

 

Fonte: TSF

publicado por Lacra às 15:31
30 de Novembro de 2009

Vão ser suspensas nos meses de Dezembro e Janeiro as obras em curso no IP4, para evitar constrangimentos na circulação, como os verificados no dia de ontem.

A informação foi confirmada à Renascença pelo Governador Civil de Vila Real.

O itinerário esteve cortado nos dois sentidos, durante várias horas, devido à queda de neve.

As obras em curso, para a ligação por auto-estrada até Bragança, são mais um factor de perturbação na circulação.

Para evitar este tipo de situações, serão suspensas nos próximos 2 meses as empreitadas que decorrem em alguns troços do IP4.

A esta hora, à excepção da ligação Ave – Piornos - Sabugueiro, não há informação de estradas cortadas ao trânsito devido à queda de neve.

 

Foto: Renascença

 

 

publicado por Lacra às 14:10
18 de Novembro de 2009

 O presidente da Estradas de Portugal (EP), Almerindo Marques, disse hoje à Lusa que as propostas finais para as concessões rodoviárias Douro Interior e Auto-Estrada Transmontana foram piores do que as iniciais devido ao aumento dos custos financeiros.

 

"Para podermos adjudicar as duas subconcessões aos concorrentes, tivemos de fazê-lo não cumprindo a regra [do concurso] segundo a qual a segunda proposta [dos consórcios] teria de ser melhor do que a primeira", afirmou à agência Lusa Almerindo Marques.

O presidente da EP disse que esta regra acabou por não ser aplicada devido à crise económica.

 

Fonte: Lusa

 

 

 

16 de Novembro de 2009

Dois jovens, com 19 e 20 anos de idade, ficaram detidos em casa, com pulseira electrónica, depois de terem sido interceptados em flagrante delito por suspeita de posse de estupefaciente destinados ao tráfico.

A operação foi desenvolvida pela esquadra de investigação criminal do comando da PSP de Bragança, em colaboração com a equipa de transito da GNR. As autoridades interceptaram os jovens no dia 11 de Novembro, às duas da tarde, em pleno IP4, na zona de Sortes. Os jovens, naturais de Bragança, seguiam num carro pertencente a uma empresa de aluguer de veículos sem condutor.

Depois de revista aos mesmos e à viatura, foram encontrados vários produtos suspeitos de serem estupefacientes, nomeadamente, 150 doses individuais de haxixe, 134 doses individuais de cocaína e três doses individuais de heroína.

Foram ainda encontrados artigos relacionados com o consumo e tráfico de estupefacientes.

Esta apreensão e consequente detenção foi resultado de um inquérito judicial ainda em fase de investigação. A audiência para o primeiro interrogatório judicial foi realizada no dia 13 de Novembro, tendo sido decretado aos detidos as medidas de coacção de obrigação de permanência na habitação com utilização de pulseira electrónica.

Só durante este ano, a PSP de Bragança procedeu à detenção de 17 cidadãos por suspeita de tráfico de estupefacientes e apreendeu mais de 2200 doses de produtos suspeitos de serem estupefacientes.

14 de Agosto de 2009

Ana Sofia Fernandes, de 25 anos, e o irmão João Ricardo, de 29, regressavam, anteontem à noite, à sua casa, em Bragança, depois de uns dias em casa dos pais, em Arcos, Ponte de Lima. No Renault Clio em que seguiam estava também a esposa de João, que está grávida, e o namorado de Ana. Já perto da cidade o carro despistou-se. 

Ana teve morte imediata. O irmão, que viajava no banco traseiro, faleceu pouco tempo depois vítima de traumatismo craniano.

A rapariga seguia no banco da frente do lado do passageiro quando, com o embate, foi cuspida do veículo e atropelada por um carro de emigrantes que seguia imediatamente atrás do Clio, no IP4. O corpo da mulher bateu no pára-choques da viatura e foi arrastado cerca de 200 metros debaixo do veículo. Os outros dois passageiros ficaram em estado grave e foram transportados para o Hospital de Bragança, onde continuam internados.

As causas do acidente, que vitimou os irmãos, continuam por apurar. Sem motivo aparente, o veículo despistou-se e acabou por capotar.

João estava casado há um ano e trabalhava em Bragança há já algum tempo. Há poucos meses, também por motivos de trabalho, a irmã mudou-se para a cidade. Ontem, a família de João e Ana estava muito abalada. "Ainda não conseguimos perceber o que se passou. Os pais estão a sofrer muito. Eles eram os dois únicos filhos que tinham", disse ao CM um tio das vítimas. O funeral realiza-se hoje em Ponte de Lima.

 

NAMORADO LEVOU FACADAS

O namorado de Ana, internado em estado grave, foi esfaqueado há alguns meses numa avenida da cidade de Bragança, onde vivia.

O incidente ocorreu de madrugada, numa zona de bares, quando o jovem estava na companhia de Ana. Sem motivo aparente, um indivíduo desferiu-lhe dois golpes de facada: um no abdómen e outro na perna esquerda.

O jovem acabou por ser transportado para o hospital, onde esteve internado em estado grave.

 

FAMÍLIA DESOLADA COM PERDA

Ontem à tarde dezenas de familiares das vítimas reuniram-se na casa da família em Arcos, Ponte de Lima.

O choro inconsolável fazia-se ouvir a vários metros de distância e deixava transparecer o sofrimento da família. Uma prima e uma tia da jovem chegaram a sentir-se mal.

"Foi um choque para todos nós e está a ser muito difícil acreditar no que aconteceu", disse ao CM um familiar.

 

Fonte: Correio da Manhã

 

 

Posts mais comentados
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO