Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
22 de Setembro de 2009

 José Sena apresentou-se, no passado Sábado, como candidato socialista pela Junta de Freguesia de Argozelo. O candidato apontou como prioridade a área social e a terceira idade, evocando as várias carências que existem na freguesia, sobretudo ao nível de equipamentos.

“Era fundamental alargar o lar ou fazer um outro porque temos muitos idosos e, como somos uma terra de emigrantes, são muitos os que se sentem sozinhos”, apontou.

José Sena diz ter vários projectos para desenvolver Argozelo e pediu uma vitória semelhante à de 2001. Mais do que criticar o candidato da oposição, Sena atacou sobretudo o executivo laranja de Vimioso.

“Não vou falar contra a Junta porque sei que é difícil desenvolver aqui projectos. A Junta tem uma verba de 40 mil euros por ano, é difícil desenvolver projectos com essa verba”, explicou.

No seu entender, “inadmissível” é que a autarquia de Vimioso não invista mais na freguesia de Argozelo, uma das maiores do concelho, em número de habitantes. Mas o candidato critica ainda a criação de 80 postos de trabalho na câmara e a atribuição de apenas um lugar a um natural de Vimioso.

“Teríamos de ter, pelo menos, 15 pessoas já que esta é uma terra que gera três milhões de euros para a câmara e pouca dessa verba é aqui investida”.

Como exemplo da alegada “falta de investimento”,  o candidato socialista apontou o problema da água, que persiste há oito anos.

“Bebemos água emprestada de Bragança há oito anos e a câmara não faz nada. É grave para a nossa freguesia e não só. Já tiveram mais que tempo para ter resolvido o problema”.

José Sena diz não compreender o porquê do “esquecimento” de Argozelo após as eleições e pediu aos habitantes que “votem na gente da terra deles”, lembrando que a lista do PS ao executivo de Vimioso integra um natural de Argozelo em segundo lugar.

“Será a primeira vez que Argozelo tem a possibilidade de ter um vice-presidente na câmara de Vimioso. Espero que as pessoas abram os olhos e votem nas pessoas que representam a sua terra”.

publicado por Lacra às 15:07
17 de Agosto de 2009

O distrito de Bragança tem mais eleitores do que população. Os dados são da Direcção Geral da Administração Interna e apontam para a existência de mais de 9,3 milhões eleitores portugueses nos cadernos nacionais, um número que não é verdadeiro porque só existem 8,6 milhões de portugueses maiores de idade, segundo as estimativas de população residente de 2008 do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Nas eleições europeias, Portugal registou 63,5 por cento de abstenção, um número que na realidade é sete pontos mais baixo porque existem 650 mil números de cartões de eleitores referentes a pessoas que já morreram ou não residem em Portugal.

Para o sociólogo André Freire esta é uma diferença "grave" que influencia a abstenção e "custa dinheiro aos contribuintes", visto que o número de mandatos depende do número de pessoas inscritas, sendo "urgente" a sua resolução.

 

Fonte: Lusa

04 de Agosto de 2009

 PS já chegou a um consenso. A lista de deputados segue com apenas seis. Saíram, por iniciativa própria, Bruno Veloso, de Bragança, e Nuno Gomes, de Vinhais. 

 

A lista fica assim constituída, (não está por ordem, com excepção dos dois primeiros):

 

Mota Andrade, presidente da distrital de Bragança

Luís Vaz, Macedo de Cavaleiros

Ana Margarida Duque Dias, de Alfândega da Fé, 

Carlos Ferreira, de Miranda do Douro 

Maria de Almeida, de Vila Flor 

Nunes dos Reis, de Freixo de Espada à Cinta

 

Já no PSD, a lista inicialmente apresentada era constituída por:

 

Adão Silva, (presidente da distrital de Bragança)

Nuno Reis (concelhia Bragança)

Maria Helena (Macedo de Cavaleiros)

Pedro Santos (empatou com António Branco, vice-presidente de Mirandela e, por causa disso, retirou a candidatura)

Isabel Lopes (antiga vereadora da cultura da câmara de Bragança)

Edgar Gata, (ex presidente da câmara de Freixo de Espada à Cinta)

António Silva (Vinhais)

 

A líder, Manuela Ferreira Leite, deve decidir hoje.

 

 

 

 

 

publicado por Lacra às 12:26
01 de Agosto de 2009

 É hoje que o PS vai apresentar o cabeça de lista à câmara de Vimioso. Fica aqui a pequena biografia:

 

Candidato PS

Jorge Fernandes

34 anos

Fundou e desenvolveu a empresa BioApis - Apicultura Biológica LD, sedeada em Vimioso.

Em termos políticos foi vice-presidente da Junta de Freguesia de Angueira (Vimioso) no mandato autárquico 2001-2005.

 

Actualmente é vereador na Câmara Municipal de Vimioso, pelo Partido Socialista (PS). Desempenha também o cargo de Presidente da Comissão Política Concelhia de Vimioso do Partido Socialista desde Março de 2008.

 

Blog: http://vimioso2009.blogspot.com/

30 de Julho de 2009

Rui Vaz, o candidato socialista à câmara de Macedo de Cavaleiros, acusa a concelhia social-democrata de estar a elaborar as listas às juntas de freguesia com dezenas de elementos, à custa de “chantagem” e “promessas de emprego”.

Em conferência de imprensa, o candidato afirmou ter conhecimento de “dezenas de casos concretos” de pessoas que foram “pressionadas” a assinar a lista do PSD.

“As assinaturas são angariadas com promessas de emprego, chantagem e coacção. Temos vários exemplos de pessoas que estão comprometidas por promessas de emprego a familiares”, acusou.

As listas às juntas de freguesia são constituídas por apenas 14 elementos. No entanto, por norma, na elaboração das mesmas são angariadas mais assinaturas tendo em conta a possibilidade de desistências. Acontece que, segundo Rui Vaz, o PSD estará a fazer listas com mais de 30 e 40 pessoas, em algumas freguesias. O processo, apesar de não ser ilegal, é considerado pelo candidato socialista como “pouco democrático”, dado a baixa taxa de densidade populacional de algumas freguesias.

“Foi um acto premeditado com o objectivo claro de dificultar a vida ao adversário”, apontou.

Rui Vaz acrescenta ainda que em causa não está a não constituição de listas.

“O que está em causa é, mais uma vez, tornar público que há pessoas que em actos eleitorais não têm comportamentos democráticos”.

O candidato recordou que já noutros actos eleitorais houve situações de anormalidade e acusou o executivo de estar envolvido nessas mesmas situações.

Como exemplo Rui Vaz apontou as eleições dos Bombeiros, as eleições para a direcção da Associação Comercial ou para o Agrupamento de Escolas.

Já no caso das eleições autárquicas, o candidato diz que o PSD está a “enganar as pessoas” para assim “manter o poder a todo o custo”.

“É que as pessoas que assinaram essas listas, quando elas forem afixadas, não vão lá ver o seu nome porque são apenas permitidos 14 elementos”, explicou.

Confrontado com estas acusações, o líder da concelhia local e vereador da autarquia, Carlos Barroso, limitou-se a comentar que o PSD tem listas em todas as freguesias do concelho e que o processo está entregue a cada um dos cabeças de lista das freguesias.

O líder social-democrata alegou ainda não ter conhecimento de nenhum dos casos apontados pelo candidato socialista, até porque ainda não foi recepcionada nenhuma lista definitiva. O responsável político disse ainda que, nos termos da lei, não existe nenhum limite para o número de suplementos a integrar as listas e apontou que as alegações de Rui Vaz demonstram apenas a “dificuldade extrema”  que está a ter em organizar o processo

“Se é porque foram tarde, se é porque ninguém acredita no seu projecto, é uma reflexão e análise que o candidato socialista terá de fazer”.

Apesar das dificuldades, o PS confirma que tem listas em 38 freguesias e quatro plenários e lembra que, há oito anos atrás, também Luís Vaz ganhou 25 juntas de freguesia mas perdeu a câmara.

 

18 de Junho de 2009

Nuno Sousa é o cabeça de lista escolhido pelo Partido Popular pelo distrito de Bragança para as próximas eleições legislativas.

 

Num conselho nacional do partido que decorreu em Almada, ontem à noite, o arquitecto e vereador na câmara municipal de Mirandela, ainda que em regime de não permanência, foi o designado.

 

Nuno Sousa substitui Domingos Doutel, que encabeçou as listas dos populares no distrito de Bragança, em 2005.

05 de Junho de 2009

O presidente da comissão política do PS do concelho de Alfândega da Fé apresentou queixa junto da Comissão Nacional de Eleições contra o presidente da Junta de Vilarelhos e contra o presidente da câmara de Alfândega da Fé por não terem convocado qualquer delegado do PS para a mesa de voto.

Segundo Eduardo Tavares, apenas foram convocados membros do PSD, partido ao qual pertencem ambos os autarcas.

A concelhia do PS solicitou ao presidente da autarquia alfandeguense, João Carlos Figueiredo, a reposição da legalidade através da convocação de membros da lista do PS para o referido sorteio, para que assim fosse constituída uma mesa eleitoral o mais plural possível. No entanto, o líder socialista diz que nada foi feito.

A queixa foi reencaminhada com o carácter de urgência para a Comissão Nacional de Eleições e para a Polícia Judiciária, bem como à comunicação social.

 

01 de Junho de 2009

Com mais de sete mil quilómetros de estrada percorridos na batalha para as eleições europeias, Paulo Rangel entra para a segunda semana de campanha animado e cheio de energia. O PSD vai arrancar de Bragança.

«Toda a gente me dizia que não ia resistir fisicamente, mas sinceramente não estou nada cansado», afirmou Paulo Rangel.

 

Rangel iniciou o dia convidando os jornalistas para um pequeno-almoço na Pousada de S. Bartolomeu, às 9 da manhã. 

A agricultura deverá mesmo ser o grande tema em Bragança. Depois de um encontro com os agricultores do distrito, na Casa do Lavrador, em Bragança, Paulo Rangel parte para Mirandela para uma reunião com a Associação de Olivicultores de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 

Bragança, Viseu, Lamego, de novo Braga e depois Porto antes de regressar a Lisboa, é o itinerário final de Paulo Rangel na expectativa, depois do fraco comício de Barcelos, em insistir se o PSD vai conseguir encher pavilhões.

 

 

 

07 de Maio de 2009

Numa altura em que nem o PS nem o PSD definiram ainda quem serão os candidatos apoiados pelos respectivos partidos à Câmara Municipal de Bragança, Humberto Rocha assume-se como candidato independente. Depois de Guedes de Almeida, militante do PSD, é a vez de um militante do PS apresentar uma candidatura que resulta, segundo o candidato, do pedido de muitas pessoas.

 

Fonte: Mensageiro

05 de Maio de 2009

A CDU já definiu os candidatos às autarquias a apresentar nos concelhos de Mirandela, Macedo de Cavaleiros, Torre de Moncorvo e Vinhais.

Por Mirandela irá como cabeça de lista David Martins Garrido, um electrotécnico aposentado, eleito na Assembleia Municipal de Mirandela. Já como cabeça de lista da CDU à Assembleia Municipal daquela localidade irá Fernando Pilão, advogado e membro da direcção regional de Bragança do PCP. Há quatro anos atrás, Pilão foi o cabeça de lista à autarquia de Mirandela pela CDU.

Em Macedo de Cavaleiros, a CDU apresenta como candidato à câmara Carlos Cunha Martins, o actual presidente da Associação Cultural, Desportiva e Ambiental dos Cortiços e também vice-presidente da Assembleia Geral da Associação de Beneficiários de Macedo de Cavaleiros. À Assembleia Municipal vai Maria Idália Mateus.

Sidónio Fernandes é o cabeça de lista à câmara de Torre de Moncorvo, acompanhado por Leandro Vale como cabeça de lista à Assembleia Municipal.

Já em Vinhais, a CDU apresenta Manuel Lousada, um técnico de apoio fabril, natural de Vila Verde (Vinhais). Como cabeça de lista à Assembleia Municipal irá Elizabete Rodrigues, funcionária pública natural de Ousilhão (Vinhais).

 

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO