Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
14 de Fevereiro de 2009

 

As distritais do PS não convivem bem com a proposta de legalização do casamento homossexual avançada por Sócrates. A contestação só não sobe de tom porque o autor é quem é...

 

No fim de semana passado, Alberto Martins, líder parlamentar do PS, foi a Bragança apresentar a moção de José Sócrates ao próximo congresso do PS. Falou de uma das propostas-bandeira do documento, a legalização na próxima legislatura (2009-2013) do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

A audiência respondeu com um pesado silêncio. Mota Andrade, presidente da distrital, constatou ao DN uma evidência: "Não é dos assuntos mais apetecíveis para discussões entre os militantes do PS em Bragança."

Vários dirigentes do aparelho admitem que a proposta do casamento homossexual é recebida no PS com bastantes reservas. Na verdade, só "passa" porque o autor é quem é: José Sócrates.

publicado por Lacra às 08:39
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
15
blogs SAPO