Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
15 de Dezembro de 2008

Fachada do Centro Arte Contemporânea

Mulheres que não usam cremes, com rostos marcados pelos sacrifícios e com a força da Natureza são assim as "Escolhidas" de Graça Morais expostas desde hoje em Bragança, no Centro de Arte Contemporânea com o nome da pintora transmontana.

 

A nova exposição do acervo de Graça Morais mostra em Bragança uma série de 12 desenhos de homenagem às mulheres transmontanas que a pintora conhece desde a infância da sua aldeia do Vieiro, no Nordeste Transmontano.

São obras pintadas há 14 anos que já correram mundo mas que a pintora manteve na sua colecção pessoal, decidindo agora doá-las ao Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, aberto há sete meses em Bragança.

As "Escolhidas" são consideradas pela pintora "um marco muito importante" na sua actividade profissional com que decidiu homenagear as mulheres transmontanas, por quem tem "enorme amizade, admiração pela rudeza da vida que elas sempre levaram e pela coragem que elas têm tido em enfrentar essas dificuldades".

Mesmo de forma silenciosa foram "sempre mulheres com muito poder". Seguraram a região quando os homens foram chamados para outras missões ou partiram à procura de melhor vida, "fizeram crescer as árvores e os filhos".

"Estas mulheres não usam cremes, a pele vai envelhecendo naturalmente, são rostos que acompanham o tempo e não há uma luta contra o tempo nesses rostos", descreveu.

Apesar da rudeza da vida estampada nos rostos, "não são todas mártires, muitas levaram vidas difíceis, o que não quer dizer que não sejam felizes" porque. na opinião da pintora. "mesmo o trabalho do campo, quando é feito com amor não é feito com infelicidade".

Graça Morais diz que se identifica com estas mulheres, afirmando mesmo que nas "Escolhidas" está também um pouco do seu auto-retrato, pela "comunhão que elas têm com a Natureza".

E nesta forma de vida rude até encontra alguns exemplos para o momento de crise e de interrogações sobre a globalização e ruptura com os hábitos ligados ao consumo.

É que nas "Escolhidas" encontra "uma grande economia e respeito pela Natureza".

"É tudo muito aproveitado, ainda há o sentimento de que as coisas não se deitam fora, reaproveitam-se", disse.

Além das "Escolhidas", o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais inaugurou hoje também uma outra exposição de escultura abstrata nas décadas de 1960-1970 da colecção da Fundação Serralves.

O escultor Zulmiro de Carvalho confessou hoje na abertura que quando construiu as suas peças há quarenta anos "estava longe de imaginar que elas pudessem ter hoje esta visibilidade".

Da mesma forma, não imaginava encontrar em Bragança um espaço totalmente diferente das condições com que há vários anos trazia arte a esta cidade nos chamados "exposições-encontros"

O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais é um equipamento municipal que abriu há sete meses num edifício secular remodelado e ampliado com a assinatura do arquitecto Souto Moura.

Graças Morais é uma das dinamizadoras do Centro e promete renovar, pelo menos quatro vezes por ano, o espaço dedicado à exposição permanente da sua obra.

A pintora considera "muito positivo" o balanço destes meses de funcionamento, assegurando que "excedeu todas as expectativas, com o Verão muito concorrido".

"Veio muita gente de toda a parte. Não podia pedir mais, mesmo em relação à cidade foi muito bem aceite pelas pessoas", disse.

Fonte: Lusa

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
21
blogs SAPO