Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
14 de Maio de 2010

A Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA), em parceria com as entidades envolvidas no projecto “Plano de Emergência para a Recuperação de três Espécies de Aves Rupícolas, vai organizar a designada “Festas das Aves” que compreende a realização de caminhadas, identificação de aves, música, teatro e exposições, entre outras actividades. A Festa decorrerá na aldeia de Vila Chã da Braciosa, inserida no Parque Natural do Douro Internacional, e tem entrada gratuita. Durante os dias de realização desta Festa, a organização pretende promover a valorização a natureza, através das aves. As actividades a desenvolver são: caminhadas pela natureza para identificação de aves; identificação de ameaças e análise dos problemas de conservação e respectivas soluções; interpretação ecológica; palestras, tertúlias, mostra de documentários; realização de eventos artísticos que passam pela música, teatro, contos e poesia; actividades destinadas às crianças, como pintura facial, realização de jogos lúdico-pedagógicos, oficinas de construção de pinhas alimentares, comedouros e bebedouros para aves e construção de ninhos artificiais; exposições de desenho científico, fotografia e outras. Com esta festa a organização pretende valorizar as áreas protegidas, nomeadamente o PNDI e áreas de Rede Natura 2000 do Nordeste Transmontano; promover a edução e formação em matérias de preservação da natureza e biodiversidade; assegurar a informação e sensibilização do público em geral sobre a necessidade de preservação das aves, nomeadamente das aves rupícolas; divulgar práticas de contemplação e usufruto da natureza que não impliquem danos à biodiversidade; intensificar a cooperação nacional e internacional promovendo encontros de especialistas para partilha e debate de conhecimentos; promover o diálogo entre o conhecimento científico e os saberes populares; chamar a atenção para importância que os meios agrícolas têm para a vida silvestre, desestimular a criação de animais silvestres como animais de estimação e fomentar um modelo de turismo sustentável. As aves alvo do “Plano de Emergência para a Recuperação” são a Águia de Bonelli, a Cegonha Preta e o Abutre do Egipto. Este projecto é financiado pela empresa Energia de Portugal (EDP) e conta com participação do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB), Associação Acção, Liberdade, Desenvolvimento, Educação, Investigação e Ambiente (ALDEIA), Associação de Produtores Florestais do Nordeste Transmontano (APFNT), Associação Transumância e Natureza (ATN), Associação de Proprietários de Pombais Tradicionais do Nordeste (PALOMBAR), Associação para a Valorização do Património Natural e Cultural das Arribas do Douro (Erva-Prata) e Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA). O plano entrou em funcionamento em Setembro de 2007, após ser assinado por todas as entidades envolvidas. Fotos do site: http://www.rupicolas.com

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
30
blogs SAPO