Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
31 de Março de 2010

A região transmontana continua a ser aquela que tem a maior taxa de incidência de Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC’s),  uma das principais causas de morte e invalidez entre a população portuguesa.

Num distrito com 140 mil pessoas, há o registo de uma média de 600 casos por ano, um número considerado “assustador” pelo Centro Hospitalar do Nordeste que já implementou a chamada “via verde” para o AVC e tenciona ampliar a unidade de tratamento existente em Macedo de Cavaleiros.

Anunciada no final do ano passado, a ampliação da unidade de tratamento de AVC’s vai permitir chegar a, pelo menos, 420 doentes, segundo as previsões do Centro Hospitalar do Nordeste.

Já a “via verde”, introduzida em Janeiro deste ano, permite um atendimento médico mais rápido tendo em conta que as primeiras três horas são fundamentais para a recuperação total do doente. Ou seja, o doente é encaminhado o mais rápido possível para a primeira observação médica, colheita de sangue para análises, realização de electrocardiograma de uma Tomografia Axial Computorizada (TAC) e realização do tratamento. A requisição de análises e de TAC é identificada com uma etiqueta “Via Verde AVC” e estes testes de diagnóstico são tratados como uma prioridade. Logo que é recebido o relatório de TAC, a equipa médica poderá decidir se tem indicação para fazer tratamento específico, ou seja, “fibrinólise”, uma técnica que permite reduzir significativamente as sequelas da doença, se for feita nas quatro horas e 30 minutos (no máximo) seguintes à manifestação dos primeiros sintomas.

É um tratamento que está provado que, sendo feito em tempo útil, diminui a morbilidade e as sequelas que o AVC pode provocar nas pessoas.

Ainda assim, as distâncias e as más acessibilidades continuam a ser um entrave à “via verde”. Para um doente que seja transportado de Freixo de Espada à Cinta, por exemplo, o atraso pode ser fatal já que estamos a falar de uma distância de cerca de hora e meia entre a localidade e Bragança.

Normalmente os sintomas de manifestação de um AVC são perda de mobilidade nos braços e pernas de um dos lados corpo, e dificuldades na fala. O AVC, se não for tratado a tempo, pode levar à morte ou à perda da capacidade de falar, andar e movimentar um dos braços. Além destas pode deixar ainda outras sequelas, tanto mais graves quanto maior for a área do cérebro afectada.

O AVC, além de ser a primeira causa de morte, é a primeira causa de incapacidade e morbilidade.

Por isso, os profissionais consideram que contra esta doença o melhor remédio continua a ser a prevenção. Nesse sentido, o Centro Hospitalar do Nordeste promoveu, na semana passada, uma campanha de sensibilização, no âmbito do Dia Nacional do Doente com AVC.

À semelhança de outros anos, os profissionais de saúde aproveitaram o dia para efectuar acções de rastreio, gratuitas, à população e fizeram, ainda, uma palestra de sensibilização.

A prevenção desta doença passa, nomeadamente, pelo controlo da hipertensão, dos diabetes e do excesso de gordura no sangue (colesterol e triglicerídeos). Entre as medidas a adoptar, os profissionais alertam para a necessidade de reduzir a ingestão de gorduras e das calorias provenientes de sobremesas e alimentos “fast-food” como pizzas ou hambúrgueres. Deve-se aumentar o consumo de vegetais, preferir o peixe em relação à carne, consumir três a quatro peças de fruta por dia, aumentar o consumo de produtos integrais como o pão e cereais, moderar o consumo de leite, queijo e iogurtes, e, entre outros, diminuir o consumo de bebidas alcoólicas. Deixar de fumar e praticar exercício físico são outras das recomendações dos profissionais de saúde.

Meditem todos sobre esta notícia, exercício físico, abolir bebidas alcoólicas, abolir alimentação menos digna, chega de comida de plástico.
Lopes a 1 de Abril de 2010 às 10:04
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
27
28
blogs SAPO