Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
19 de Novembro de 2008

A Unión Fenosa já obteve a adjudicação por parte da Direcção-Geral de Energia (DGEG) para a construção de 50 MegaWatts (MW) eólicos em dois parques na zona da Torre de Moncorvo, em Portugal. Um passo que significa a entrada da eléctrica espanhola na produção deste lado da fronteira.

O anúncio foi feito pelo administrador para Portugal, Luís Lopez, na conferência de imprensa para apresentação do índice de eficiência energética de 2008. Quando questionado sobre se teria projectos de produção a desenvolver no país, o responsável respondeu afirmativamente e adiantou que esta adjudicação faz parte da III fase do concurso eólico lançado pelo Governo português. «É um investimento de 70 milhões», afirmou.

Dentro de cerca de dois anos, a Fenosa garante que estes parques estarão em operação, num projecto que não conta com sócios. «Mas não nos importaríamos. Estamos abertos a alianças», acrescentou.

Quanto a outras áreas de produção, como das centrais de ciclo combinado, avançou que para já não há projectos «até porque de momento não há concurso». No entanto, sublinhou que «vão estar sempre muito activos no mercado ibérico, em concreto em Portugal, e que querem estar em todas os campos».

 

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
23
blogs SAPO