Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
25 de Março de 2010

Muito se tem dito e escrito por aí sobre o Leandro Pires, o menino de 12 anos que se atirou ao rio Tua, em Mirandela, saído da escola em horário de aulas.

 

Não vou aqui esgrimir argumentos, factos ou acusações. Só tenho uma coisa a dizer: independentemente do menino ser uma criança tímida ou não, reguila ou não, provocadora ou não, a verdade é que foi ele que há um ano atrás foi parar ao hospital, vítima da violência dos outros colegas mais velhos. Também era provocador, dizem. E isso justifica a violência dos mais velhos?

 

O Leandro tinha 12 anos e pesava 30 quilos....

Contra factos, não há argumentos.

 

O funeral realiza-se amanhã. Paz à sua alma. Condolências sentidas à família.

publicado por Lacra às 12:59

Os familiares do pequeno Leandro já reconheceram o corpo do menino, resgatado esta manhã das margens do rio Tua, o mesmo rio para onde a criança se terá atirado no dia 2 de Março.

O corpo do pequeno Leandro, a criança de 12 anos que frequentava a escola Luciano Cordeiro, em Mirandela, onde seria vítima constante de bullying, foi encontrado por um pescador esta manhã pelas 08h00, na zona do Cachão, no rio Tua, precisamente a 12 quilómetros do local onde o menino se terá atirado.

Chamadas ao local as autoridades transportam o cadáver para a morgue do hospital de Mirandela, onde os familiares reconheceram o menino. Apesar das intensas buscas no local o cadáver não tinha sido encontrado uma vez que, de acordo com as autoridades, o corpo poderia estar submerso.

O cadáver deverá ser submetido esta quinta-feira à autópsia para poder ser devolvido à família o mais rápido possível para que estes possam fazer o funeral do menino.

Leandro de 12 anos desapareceu no rio Tua no dia 2 de Março junto ao Parque das Merendas, a alguma distância da escola. Até ao momento não foi explicado como é que a criança saiu do recinto escolar nem se o menino se terá efectivamente suicidado ou se esta morte trágica é o resultado de uma brincadeira que terminou mal.

 

Fonte: Correio da Manhã

publicado por Lacra às 12:57

O corpo de Leandro, o rapaz de 12 anos que se atirou ao rio Tua, em Mirandela, foi hoje encontrado, pela manhã, nas Azenhas do Sadanha - Cachão, Mirandela.

 

Informação em actualização

publicado por Lacra às 09:07

Albano Mesquita, presidente eleito para a presidência da Assembleia Distrital, desafiou os restantes municípios a aproveitarem aquele órgão regional para defender a região de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Numa altura em que a regionalização está na agenda do dia, o recém-eleito presidente considera que é hora dos municípios se unirem e lutarem por uma mesma causa.

“Entendo que Trás-os-Montes e Alto Douro são uma unidade do ponto de vista geográfico, com história, identidade e potencialidades comuns que vale a pena defender”, justificou.

Albano Mesquita tomou posse, ontem, como presidente da Assembleia Distrital, um órgão que praticamente não tem poderes de decisão e que reúne apenas uma vez por ano. José Silvano, presidente cessante, considera que este é um órgão que, com a criação das comunidades intermunicipais, ficou completamente esvaziado.

Em mais uma sessão pouco participada, Silvano assumiu que a participação se resume ao debate das questões de orçamento.

“Estas sessões resumem-se a debater questões de orçamento e não servem para mais nada porque não tem quaisquer poderes. Legalmente as Assembleias Distritais estão consagradas e tenta-se manter...”, apontou.

Visão diferente tem o presidente empossado que aponta que os organismos funcionam “conforme os intervenientes e as pessoas que os integram querem que eles funcionem, ou não”.

No entender de Albano Mesquita, a possibilidade das Assembleias Distritais virem a ser extintas não deve “matar o organismo à nascença”.

“Penso que, aparentemente, será para extinguir mas, neste momento, existe e há que ir aproveitando esta estrutura para debater estas questões”, afirmou.

Durante a sessão extraordinária, Albano Mesquita, presidente da Assembleia Municipal de Vila Flor, tomou posse como presidente eleito com a maioria dos votos. A sessão foi suspensa devido a questões de orçamento uma vez que as despesas correntes ultrapassam as receitas.

Dos treze mil euros de orçamento, 10 mil destinam-se à revista Brigantia – uma publicação trimestral que aborda temas locais e que foi lançada por Belarmino Afonso.



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
27
28
blogs SAPO