Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
04 de Novembro de 2008

A nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN) não vai incluir a Sortegel, em Bragança, nem a Caves da Raposeira, em Lamego. De acordo com fonte do Ministério das Finanças à imprensa nacional, a nacionalização centra-se apenas no banco BPN SA, do qual fazem parte outros activos da banca e dos seguros, como seja, o BPN Cayman, BPN Banque, Banco Efisa, BPN Brasil, BPN Crédito IFI, BPN Imofundos, BNP Gestão de Activos e Real Vida Seguros. Os restantes activos da Sociedade Lusa de Negócios (detentora do BPN) ficam de fora da expropriação, mantendo-se assim a intenção de venda e os planos de negócio.

Desta lista de activos, que se encontra disponível na internet para venda, fazem parte a Caves da Murganheira, em Lamego; a Sortegel, em Bragança; a empresa Geosil, que possui a quinta de Arufe, em Rebordaínhos, com 216 hectares de terreno (os soutos ocupam 110 hectares) e a quinta da Maceira, conhecida como Quinta de Vimioso, com 95 hectares de terreno; e a empresa Castânia, que possui a quinta da Parada, também conhecida como Quinta da Aveleira, com uma área total de 230 hectares.

 

Alguns dados:

A Sortegel foi fundada em 1988 e em 2002 foi adquirida, na totalidade, pela Geosil – Empreendimentos Agrosílvicolas. Emprega 79 trabalhadores, incluindo os trabalhadores sazonais em período de campanha, e tem um valor de negócios de 13 355 mil euros, segundo o relatório de contas da empresa de 2007.

 A Geosil e a Castânia foram constituídas em 1993 e foi adquiridas em 1999 pela Partinvest SGPS SA.

A Geosil, detentora de 100 por cento do capital social da sociedade Sortegel, opera em Bragança, na exploração da Quinta da Vila Boa de Arufe e na exploração da Quinta da Macieira. A actividade principal desta empresa é a produção de castanha em método de produção biológica numa área de 170 hectares de soutos das duas quintas.
À semelhança da Geosil, a Castânia opera na exploração da Quinta da Parada, que possui uma área total de cerca de 230 hectares, dos quais 50 estão plantados com castanheiros.

O volume de negócios da Geosil é de 242 mil euros e o da Castânia é de 57 mil euros.

Já a Caves Raposeira, em Lamego, foi constituída em 2001, conta com 37 efectivos e um volume de negócios de cinco milhões e 836 mil euros.

 

publicado por Lacra às 12:26
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
23
blogs SAPO