Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
31 de Outubro de 2008

 

“Quem no canhoto não se aquecer e da cabra não comer, um ano de azar vai ter”.

 

A aldeia de Cidões, em Vinhais, volta a preparar mais uma Noite das Bruxas, mas aqui não há vassouras, chapéus cónicos ou abóboras iluminadas, tradições importadas de outros países. Em Cidões esconjura-se o diabo e a má sorte comendo cabra "machorra" (cabras estéreis), cozinhadas em gigantecos potes, numa fogueira enorme que se há-de acender junto a um cruzamento.

As origens desta festa perdem-se no tempo. Nesta noite, ninguém dorme em Cidões. Os rapazes, evocando energias renovadoras e propícias do caos que caracteriza o fim e o início de um ciclo, irão revirar a aldeia do avesso, partindo vasos de flores e fazendo passear, toda a noite, pela aldeia, um carro de bois antigo, num "chiadouro" de meter medo. Ao longo de toda a noite, os visitantes e locais partilharão nozes, castanhas, vinho, e outras iguarias próprias da época, acompanhadas de histórias de outro tempo. Será certamente uma noite diferente, a não perder.

 

 

publicado por Lacra às 14:00
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
15
18
19
blogs SAPO