Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
01 de Outubro de 2009

Medidas para fomentar o desenvolvimento rural, fixar jovens no concelho, criar emprego, apoiar os idosos e carenciados, resolver os problemas da falta de água, implementar medidas de apoio ao desenvolvimento local são algumas das principais propostas de Jorge Fernandes, candidato do PS à Câmara Municipal de Vimioso.

Segundo o candidato, a resolução do problema da água, que, segundo indicou, só tem preocupado o actual executivo em anos de seca, passa pela limpeza e desassoreamento de açudes existentes e de algumas zonas ribeirinhas, mas também pela construção de duas albufeiras com grande capacidade. Para Jorge Fernandes o problema não é resolvido com o alteamento de açudes nem com tirar água do Rio Douro, mas com o aproveitamento dos recursos do concelho, através de soluções viáveis. Quanto às preocupações ambientais, o candidato referiu que o facto de Vimioso ter as suas linhas de água em Rede Natura não pode significar que o município não dê resposta às necessidade de abastecimento das populações. “O interesse público tem que prevalecer, como acontece em outros concelhos que também têm rede natura”, explicou.

Jorge Fernandes e a sua equipa apresentam também várias propostas de apoio ao desenvolvimento rural, como realização de parceria com associações de agricultores, isenção de taxas de licenciamento para construção de estábulos, apoio à certificação de produtos agrícolas e reabilitação de regadios tradicionais. O candidato comprometeu-se ainda a lutar para que os serviços da Direcção Regional de Agricultura no concelho estejam abertos de segunda a sexta-feira, e não apenas dois dias por semana, como acontece actualmente.

A equipa socialista prende implementar ainda um plano de fomento de pequenas agro-indústrias, com o apoio à instalação de cozinhas regionais, realização de feiras de produtos locais e criação de uma marca “Vimioso”, para comercialização de produtos agro-alimentares do concelho.

Ainda ao nível do desenvolvimento rural, esta candidatura apresenta ainda medidas de promoção do artesanato, criação de um museu rural, implantação de incentivos à reabilitação de fachadas tradicionais nas aldeias, apoio à recuperação de imóveis degradados, apoio à instalação de unidades de turismo rural, apoio às associações de caçadores, realização de certames cinegéticos e criação de um centro cinegético. Jorge Fernandes pretende ainda implantar um projecto de formação, em conjunto com associações de agricultores, com o objectivo de impulsionar a produção de produtos biológicos.

Ao nível das medidas de apoio à fixação de jovens, algumas das propostas, entre outras, são a criação de estágios profissionais no município e juntas de freguesia, implantação de um regime de isenção de taxas de construção para habitação própria a menores de 55 anos, redução do IRS em cinco por centro, criação um serviço pediátrico de consultas grátis e fomento do empreendedorismo. Se vencerem a Câmara, os socialistas comprometem-se a manter o cheque para os bebés do concelho, mas introduzem-lhe algumas alterações. Em vez de um cheque em dinheiro, será dado aos pais um vale de compras de mil euros que só poderá ser descontado no comércio local.

A candidatura apresenta ainda diversas propostas ao nível das políticas de emprego, entre as quais a criação de um gabinete de apoio ao investidor, criação de uma zona agro-industrial num espaço ordenado na zona industrial, criação de um parque foto-voltaico, criação de uma empresa de limpeza agro-florestal e atribuição de um prémio a empresários em função dos postos de trabalho criados.

O apoio aos carenciados e idosos não é esquecido e Jorge Fernandes quer trabalhar com as instituições de solidariedade social, criar centros de dia, instalar um programa de conforto habitacional entre outras medidas.

Ao nível das medidas de apoio ao desenvolvimento local destaca-se a criação de um gabinete de apoio às juntas de freguesia e reforço do respectivo orçamento. Jorge Fernandes pretende criar ainda um centro de novas oportunidades e estabelecer parcerias com o centro de formação profissional para a criação de cursos profissionais.

Relativamente às infra-estruturas, o candidato comprometeu-se a requalificar a ligação entre Vimioso e Pinelo e entre esta aldeia e Argozelo. A construção de uma praia fluvial entre Argozelo e Pinelo, pavimentação de uma via de acesso entre estas aldeias e a praia fluvial, a construção de um parque de lazer em Argozelo, a criação de um parque empresarial na zona de Argozelo, Carção e Santulhão e criação de reservatórios de água são mais algumas medidas propostas.

 

Fonte: Mensageiro Notícias

publicado por Lacra às 07:00

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
16
17
18
22
25
26
31
blogs SAPO