Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
03 de Agosto de 2009

José Rodrigues, actual autarca de Vimioso, volta a recandidatar-se para um terceiro mandato pelo PSD. Depois de ter assumido que não voltaria a concorrer às autárquicas, José Rodrigues diz ter aceite o convite pela continuidade dos projectos já lançados e que quer ver concretizados já nos próximos quatro anos.

“Aceitei ser candidato a pedido das 12 juntas social-democratas, da comissão concelhia e da distrital e porque todas estas obras que estão a ser implementadas me levam a querer continuar”, assumiu.

Entre as obras que espera implementar, José Rodrigues destaca a criação das termas da Terronha, cujo processo está no término; a criação do Parque Ibérico Ambiental, que se encontra já adjudicado; e o desenvolvimento da zona industrial.

“São projectos que seguem a estratégia que temos para o concelho, que é a aposta no desenvolvimento económico”.

A fixação e atracção de pessoas para o concelho é outra das apostas da recandidatura de José Rodrigues, que, ainda no ano passado, decidiu duplicar o subsídio a atribuir a crianças nascidas no concelho, no valor de 1000 euros por cada bebé.

“Vamos continuar a apostar em tudo o que possa potenciar a economia e que possa ajudar a fixar aqui pessoas”, lançou.

A par com o cabeça de lista segue, em segundo lugar, Jorge Fidalgo, actual vice-presidente, e, em terceiro lugar, uma nova cara, António Torrão. À Assembleia Municipal, recandidata-se José Cerqueira. As listas às 14 juntas de freguesia também já estão definidas, sendo que há novas caras em Argozelo, (é Francisco Lopes que encabeça a candidatura), na Matela, Avelanoso e Pinelo.

Durante a apresentação da candidatura, na Praça do Município, Jorge Fidalgo lembrou ainda os projectos lançados pela autarquia e acusou o Governo de “impedir” o avanço de outros, como seja a construção da estrada entre Outeiro e Vimioso.

Lançando farpas à candidatura da oposição, lançada no dia anterior, no mesmo local, Jorge Fidalgo acusou o PS de apresentar um “candidato de recurso” e, apelando ao voto na “continuidade”, apontou ainda que, em quatro anos de vereação, “nunca votou contra nenhuma proposta do PSD, absteve-se sempre”.

O evento decorreu na Praça do Município, com mais de uma hora de atraso.

publicado por Lacra às 18:33
Concordo completamente com o comentário anterior.
O que é mesmo lamentável é o candidato nº 2 do PSD, Jorge Fidalgo, atacar de forma lamentável o candidato PS que pelos vistos tem vindo a investir no concelho de Vimioso.
O mesmo não acontece com ele e com os restantes membros da sua equipa, a começão pelo Sr. José Rodrigues, que pedem a "continuidade" para todos os dias caminharem rumo a Bragança, a grande maioria das vezes com os veículos da Câmara Municipal, onde aí têm realizado os seus investimentos à custa dos seus chorudos salários auferidos na autarquia de Vimioso.
É preciso ter muito cinismo e muita hipocrisia política quando se pede a continuidade e depois eles próprios são os primeiros a contribuir para desertificação do concelho.
DÁ QUE PENSAR A "CONTINUIDADE" PEDIDA AO POVO DE VIMIOSO POR ESTES SRS!!!
júlio a 4 de Agosto de 2009 às 13:10
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
21
22
23
blogs SAPO