Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
16 de Julho de 2009

Três festivais e uma Feira de Instrumentos Musicais Ibéricos é a proposta cultural que é deixada a todos quanto visitem o Planalto Mirandês de 25 de Julho a 2 de Agosto. A Direcção Regional de Cultura do Norte, em colaboração com a Junta de Castela e Leão, lançou um projecto transfronteiriço que visa dar coesão ao conjunto de actividades culturais que são promovidas nos concelhos de Vimioso, Miranda do Douro e Mogadouro nas datas mencionadas e apresenta-los como um só produto cultural.

O objectivo, segundo Helena Gil, da Direcção Regional de Cultura, foi “juntar as vontades já existentes, dar-lhes força, algum apoio financeiro e coesão em termos de programa cultural”.

O programa inicia-se com o já tradicional “L Burro i L Gaiteiro”, de 25 a 30 de Julho, um festival itinerante de cultura que visa potenciar a música e os arraias tradicionais, as danças mirandesas, a gastronomia local, a fauna, a flora e o quotidiano de quem resiste por Terras de Miranda. Durante seis dias de actividades, serão promovidas caminhadas por antigos percursos do concelho de Vimioso e de Miranda do Douro, sempre na companhia do burrico mirandês e da música tradicional.

Depois, a 31 de Julho e até dia 1 de Agosto, inicia-se mais um Intercéltico de Sendim, um festival que este ano comemora o 10º aniversário. Para além de um recinto renovado e melhorado, com toda a logística preparada para responder às necessidades dos festivaleiros e precavendo as possíveis transmissões do vírus da gripe A, o Intercéltico tem, este ano, a particularidade de apresentar como cabeça de cartaz a banda mais votada na Internet pelo público: Hedningarna.

Mas a programação no palco principal, instalado no novo Parque das Eiras, integra ainda três nomes absolutamente consagrados, verdadeiras instituições musicais da linha da frente da excelência da folk: a “Brigada Victor Jara”, que se apresentará com um concerto especialmente preparado para o efeito, com forte presença de temas transmontanos. Também os seminais e históricos “Llan de Cubel”, das Astúrias e Maria Salgado, uma das mais importantes vozes da folk castelhano-leonesa, irão encabeçar este festival.

De forma a contribuir para a divulgação dos mais jovens projectos, apresentar-se-ão ainda no Parque das Eiras os “Lenga-Lenga”, um grupo sendinês com uma atractiva trajectória desde o tradicional ao folk, que vai apresentar o seu novo álbum; e os “Korrontzi”, uma enérgica formação proveniente do País Basco, que se inscreve na mais expressiva linha da folk enunciada por Kepa Junkera.

A par com o programa musical, haverá muitas actividades culturais, como já é habitual de ano para ano. Na celebração de 10 anos de festival, Mário Correia, da organização, relembra que a aposta sempre foi no sentido de “surpreender” e essa tem mesmo sido a “fórmula de sucesso” para o Intercéltico se afirmar como um festival  que não é subsídio dependente e que, 10 anos depois, continua a trazer ao Planalto Mirandês, um vasto público de todo o país, em plena época alta.

Paralelamente é realizada a primeira Feira de Instrumentos Musicais Ibéricos em Fonte de Aldeia e em Sendim, um certame que será dedicado aos artesãos construtores de instrumentos musicais tradicionais.

Na região mirandesa há muito “saber fazer” dos vários instrumentos musicais utilizados na música tradicional, nomeadamente o pandeiro, a rabeca ou a gaita-de-foles. Com a realização deste evento, será possível trocar ideias e técnicas, dando a conhecer os construtores locais e outros que ali marquem presença.

No entender de Mário Correia, esta iniciativa da Direcção Regional de Cultura do Norte vai permitir, não só a deslocação de públicos entre os festivais promovidos na região nestas duas, como também dar operacionalidade e maior mobilidade às actividades desenvolvidas.

Ao longo dos dias haverá oficinas de construção de instrumentos, muita música folk e outras actividades culturais que ajudarão a reflectir a importância da língua mirandesa enquanto produto cultural com forte identidade na região.

O programa cultural termina com a realização do 1º Festival Transfronteiriço de Folclore de Mogadouro.

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
19
22
23
24
25
blogs SAPO