Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
04 de Julho de 2009

 O Governo dá luz verde ao abate de sobreiros na barragem do Baixo Sabor. É um dos últimos despachos do ministro Manuel Pinho, que decreta a barragem uma obra de "imprescindível utilidade pública".

 

O diploma, publicado hoje em Diário da República alega que, em nome da política energética nacional e da criação de postos de trabalho, a dona da obra, a EDP, pode avançar e abater todos os sobreiros e azinheiras, jovens e adultos, numa área superior a 200 hectares.

Ouvido pela Renascença, Eugénio Sequeira, da Liga para a Protecção da Natureza, mostra-se indignado e diz que esta é apenas uma forma de contornar a lei que protege estas espécies. Mas há outras mais importantes que vão ser destruídas, “para quase nada”.

Eugénio Sequeira lamenta abate de sobreiros no Baixo Sabor

O abate de sobreiros e azinheiras não estava previsto no estudo de impacto ambiental da barragem, daí este despacho do Governo. Em contrapartida, a EDP deve plantar cerca de 300 hectares de novas azinheiras e sobreiros noutras zonas.

 

últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
19
22
23
24
25
blogs SAPO