Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
07 de Maio de 2009

 O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) é uma das instituições que capta mais docentes e alunos provenientes de outras universidades da Europa, no âmbito do programa de mobilidade Erasmus.

Durante a V semana de Erasmus, realizada de 5 a 7 de Maio, o IPB recebeu 63 docentes de 12 países da Europa: Alemanha, Áustria, Espanha, Finlândia, Grécia, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, República Checa, Roménia e Turquia.

Já há mais de cinco anos que o politécnico de Bragança promove o programa Erasmus mas, há cinco anos atrás, a direcção decidiu centralizar a vinda dos docentes numa só semana e promover congressos durante esses dias. Luís Pais, vice-presidente do IPB, contou que, desta forma, ao longo de três dias, os alunos de licenciaturas e de mestrados têm a oportunidade de ouvir outros docentes em palestras que são integradas nos horários lectivos.

Também ao nível dos alunos, o IPB marca mais um recorde: só este ano foram enviados 169 alunos em mobilidade e recebidos 209 alunos de outras universidades.

“É um resultado considerável tendo em conta as nossas dimensões pois, a nível europeu, somos uma instituição de dimensão média”, considerou Luís Pais.

Pelo segundo ano consecutivo, o IPB vai também apostar nos chamados Programas Intensivos Erasmus, uma área em que o IPB se destaca a nível nacional pelo maior número de ofertas. Nestes cursos de especialização de curta duração, realizados em ambiente internacional, são testadas novas metodologias, reunindo condições de ensino/aprendizagem que não existem numa só instituição.

Estes cursos envolvem, pelo menos, três instituições de ensino superior de três países diferentes. O aluno, ao longo de 10 dias úteis, tem o equivalente a 60 horas de formação, o que corresponde ao funcionamento normal de uma disciplina ao longo de um semestre.  

Até ao final de Junho vão funcionar na instituição seis cursos intensivos Erasmus e serão recebidos, dentro deste programa, 30 docentes e cerca de 90 alunos estrangeiros de toda a Europa, nomeadamente de Espanha, Itália, Finlândia, Polónia, Roménia, Lituânia, Grécia, Holanda e Bélgica.

publicado por Lacra às 07:00
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
blogs SAPO