Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
17 de Novembro de 2010

 

 

 

A GNR de Bragança recuperou, ontem, dois mil quilos de castanhas que tinham sido roubadas do interior de um armazém, em Santa Comba de Rossas.

O furto foi comunicado às nove da manhã de ontem e, na sequência de várias vigilâncias e investigações dos militares do Núcleo de Investigação Criminal, o caso foi praticamente resolvido no mesmo dia.

Para além de terem recuperado o produto, a GNR identificou três suspeitos, com dois deles, com 17 e 19 anos, residentes em Bragança e um outro, com 16 anos, residente em Santa Comba de Rossas.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e estão com termo de identidade e residência.

publicado por Lacra às 15:37
02 de Novembro de 2010

Dois suspeitos foram detidos, no final do mês de Outubro, no concelho de Miranda do Douro, por terem na sua posse plantas de Cannabis Sativa.

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Miranda do Douro fez as detenções na sequência de investigações e em cumprimento de dois mandatos de buscas e apreensão.

Um dos indivíduos foi detido em Miranda do Douro com 137 gramas de cannabis em fase de secagem, das quais 9,1 gramas já estavam prontas para consumo. O homem, residente na cidade, com 35 anos, terá plantado a Cannabis na sua residência. O suspeito foi constituído arguido e está a aguardar julgamento com termo de identidade e residência.

A GNR apreendeu, ainda, em Bemposta, vários pés de cannabis, cerca de um quilo, em fase de secagem, e 8,6 gramas de cannabis pronto para consumo. O suspeito é um homem de 40 anos, residente em Bemposta, já referenciado por situações idênticas, em anos anteriores.

O produto estupefaciente terá sido cultivado pelo mesmo, em terreno daquela freguesia de Mogadouro.

Só neste ano, o Comando Territorial de Bragança, apreendeu na sua área de responsabilidade, mais de 34Kg de Cannabis Sativa.

 

publicado por Lacra às 09:24
07 de Abril de 2010

A GNR apreendeu, ontem, armas e material diverso a dois indivíduos de Macedo de Cavaleiros na sequência do cumprimento de mandados de busca domiciliária.

Foi apreendido um revólver, uma caçadeira shot-gun, três motoserras, uma rebarbadora e uma aparafusadora, entre outro material que terá resultado de furtos realizados no distrito de Bragança.

Os dois indivíduos, de 30 e 43 anos de idade, já estavam constituídos arguidos nos inquéritos em curso.

publicado por Lacra às 15:56
25 de Fevereiro de 2010

A Guarda Nacional Republicana do distrito de Bragança comemorou, pela primeira vez, o Dia da Unidade, assinalando assim reestruturação que transformou o Grupo Territorial em Comando Territorial. Uma cerimónia que, no entender do comandante António Fernandes, serviu também para consolidar as novas directivas decorrentes das alterações de comando, conforme explicou ao Mensageiro. “Inicialmente houve alguns tumultos, o que é normal porque houve alterações de comando e quando há novas directivas as pessoas resistem um pouco. No entanto, actualmente está tudo a trabalhar e a GNR está consolidada”. O comandante aproveitou o momento para reivindicar a integração do Grupo de Intervenção, Protecção e Socorro (GIPS) no comando territorial de Bragança. Actualmente, o GIPS responde directamente ao comando em Lisboa. Mas, o comandante António Fernandes considera que para um melhor aproveitamento destas forças, a coordenação do serviço deveria ser integrada no comando territorial. O comando territorial está também a proceder à criação de equipas fiscais para dar resposta a uma valência que terminou no distrito de Bragança com a reorganização da brigada fiscal. Actualmente, a GNR conta com um efectivo de 650 militares em todo o distrito, excluindo os 45 militares que integram o GIPS. Os meios humanos e materiais são considerados suficientes pelo comandante que garante que a GNR está preparada para responder aos novos desafios que se possam colocar em termos de criminalidade. “O distrito de Bragança é um distrito calmo em termos de criminalidade, mas vão aparecendo novos desafios. O terrorismo é algo complicado mas temos de estar preparados para essas situações”, considerou. A intervenção da GNR de Bragança foi fundamental para o sucesso da operação que levou à detenção de dois terroristas da ETA em Torre de Moncorvo, no mês de Janeiro. Um trabalho desenvolvido em coordenação com as forças espanholas e que vem dar cada vez mais importância à cooperação transfronteiriça, como apontou o comandante que considerou mesmo esta acção como uma das mais importantes realizadas recentemente. As comemorações do Dia da Unidade vão realizar-se todos os anos, em Fevereiro, na cidade de Bragança e em todos os quartéis do distrito. Este ano, a efeméride coincidiu com o Dia de Luto Nacional decretado pelo Governo devido à catástrofe que atingiu a Madeira. Uma coincidência que, no entender do comandante, “em nada afectou o dia de luto nacional” já que se tratou somente de uma cerimónia militar.

publicado por Lacra às 17:49
24 de Fevereiro de 2010

O comandante distrital da GNR de Bragança, Martins Fernandes, defendeu hoje a passagem da coordenação dos Grupos de Intervenção Proteção e Socorro, os chamados GIPS, para o comando distrital desta força de segurança.

 

Os GIPS são compostos por militares da GNR que atuam no âmbito da Proteção Civil em ações de prevenção e intervenção durante todo o ano mas mais visíveis durante a época da incêndios, em que integram o dispositivo de combate.

Este corpo profissional encontra-se na dependência direta do comando geral da GNR, mas o comandante distrital de Bragança defende que, em vez de dependerem de Lisboa, a sua coordenação devia ser entregue ao comando regional.

 

 

Fonte: Diário Digital / Lusa 


publicado por Lacra às 17:56

O Governador Civil de Bragança, Jorge Gomes, admitiu hoje que a falta de recursos humanos pode por em causa o funcionamento do Centro de Cooperação Policial e Aduaneira (CCPA) de Quintanilha e a consequente cooperação entre Portugal e Espanha.

"O CCPA enferma de um mal que temos de ultrapassar", disse o representante do Governo português numa conferência sobre segurança transfronteiriça que juntou, em Bragança, entidades portuguesas e espanholas.

O debate foi promovido no âmbito dos 97 anos da GNR de Bragança, que viu mais uma vez enaltecido o trabalho na operação que levou à detenção de dois terroristas da ETA, em janeiro, na zona de Torre de Moncorvo.

 

Este texto da agência Lusa foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

 

Fonte: Lusa

21 de Dezembro de 2009

 Um jipe dos bombeiros de Bragança que fazia o transporte de doentes despistou-se no IP4 junto ao nó de Macedo de Cavaleiros.Na viatura seguiam quatro pessoas.  Para além do condutor, estavam a ser transportados para consultas no Hospital de Vila Real dois doentes, um deles com uma acompanhante.Cerca das 8H30, a viatura entrou em despiste no IP4 pouco depois do nó que dá cesso ao IP2.“Nós íamos fazer um transporte para Vila Real. Levávamos dois doentes e uma acompanhante que íam a uma consulta” conta o comandante da corporação. “Tivemos um acidente no IP4 na zona de Macedo, cerca de dois quilómetros depois do último nó”. “Foi um despiste derivado à neve e ao gelo que havia na estrada” acrescenta José Fernandes. Deste acidente resultaram dois feridos, um dos doentes que é utente da Santa Casa da Misericórdia de Bragança e a acompanhante, funcionária da instituição. “O outro doente era da aldeia de França”.Foram transportados pelos bombeiros de Macedo para o Hospital de Bragança para receber tratamento.“Não inspiram grandes cuidados, mas de qualquer forma foram evacuados para o Hospital de Bragança” refere. No nevão da semana passada, os bombeiros de Bragança cancelaram o transporte de doentes, mas desta vez decidiram arriscar.A viagem acabou por não chegar ao destino. “Na outra neve não pudemos fazer o transporte, desta vez tentamos e aconteceu isto” lamenta José Fernandes. “Pedem-nos e nós vamos, desde que tenhamos meios materiais e humanos, é evidente que corremos riscos”. O outro doente, que não apresentava ferimentos, acabou por não seguir viagem uma vez que a viatura dos bombeiros de Bragança ficou inoperacional.

Por precaução foi também transportado para o Hospital de Bragança.

 

Fonte: Brigantia

publicado por Lacra às 14:34
16 de Novembro de 2009

Dois jovens, com 19 e 20 anos de idade, ficaram detidos em casa, com pulseira electrónica, depois de terem sido interceptados em flagrante delito por suspeita de posse de estupefaciente destinados ao tráfico.

A operação foi desenvolvida pela esquadra de investigação criminal do comando da PSP de Bragança, em colaboração com a equipa de transito da GNR. As autoridades interceptaram os jovens no dia 11 de Novembro, às duas da tarde, em pleno IP4, na zona de Sortes. Os jovens, naturais de Bragança, seguiam num carro pertencente a uma empresa de aluguer de veículos sem condutor.

Depois de revista aos mesmos e à viatura, foram encontrados vários produtos suspeitos de serem estupefacientes, nomeadamente, 150 doses individuais de haxixe, 134 doses individuais de cocaína e três doses individuais de heroína.

Foram ainda encontrados artigos relacionados com o consumo e tráfico de estupefacientes.

Esta apreensão e consequente detenção foi resultado de um inquérito judicial ainda em fase de investigação. A audiência para o primeiro interrogatório judicial foi realizada no dia 13 de Novembro, tendo sido decretado aos detidos as medidas de coacção de obrigação de permanência na habitação com utilização de pulseira electrónica.

Só durante este ano, a PSP de Bragança procedeu à detenção de 17 cidadãos por suspeita de tráfico de estupefacientes e apreendeu mais de 2200 doses de produtos suspeitos de serem estupefacientes.

publicado por Lacra às 10:46
25 de Agosto de 2009

A Polícia Judiciária Militar (PJ-M) está a investigar um ataque com ácido praticado contra um radar fotográfico do Destacamento de Trânsito da GNR de Bragança, que foi dado ontem como inoperacional. 

O radar foi, por decisão do Destacamento de Trânsito de Bragança, atribuído a uma equipa que detecta e pune contra-ordenações. Ontem, os patrulheiros encarregues de caçar ‘aceleras’ detectaram, ao abrir a mala onde o radar está guardado, que o mesmo estava húmido. A equipa regressou ao quartel, tendo informado superiormente o sucedido. O radar foi analisado e dado como inoperacional.

Foram recolhidas amostras do líquido que o danificou, ao que tudo indica ácido, e a investigação está entregue à PJ-M, que averigua crimes praticados em instalações militares. A GNR confirmou ao CM que vai abrir averiguação aos factos.

 

Fonte: Correio da Manhã

publicado por Lacra às 09:35
05 de Agosto de 2009

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da GNR de Mirandela apreendeu 24 pés de cannabis (cerca de seis quilos) que estavam plantados nas traseiras de uma habitação, na aldeia do Cachão, na sequência de uma busca domiciliária para cumprir uma diligência do Ministério Público.

A habitação “já estava referenciada devido a outros processos que estão a decorrer na comarca de Mirandela”, refere o Tenente Joni Ferreira, comandante do Destacamento territorial da GNR de Mirandela. Refira-se que, há cerca de três meses, numa busca domiciliária à mesma residência, esta força de segurança deteve dois indivíduos e apreendeu material ligado ao tráfico de estupefacientes, nomeadamente, cerca de 4 quilos de haxixe, 13 700 euros em dinheiro e 65 pés de cannabis.

Os detidos, enteado e padrasto, com 28 e 56 anos de idade, estão sujeitos a medidas de coacção diferentes. O mais velho ficou em prisão domiciliária com recurso ao sistema de vigilância, através da utilização de pulseira electrónica, enquanto o mais novo ficou sujeito a apresentações períódicas na GNR. Presume-se que seja este último o responsável pela plantação de cannabis, mas só o inquérito do Ministério Público poderá apurar essa suspeição. Na altura da busca, não foi apanhado em flagrante delito, a GNR acabou por não fazer qualquer detenção.  

 

Foi apreendido o seguinte:

·        24 plantas de Cannabis Sativa, com o peso aproximado de 6 135 gramas;

·         5 munições de calibre 7,65 mm.

 

Acrescenta-se que o mesmo cidadão, no âmbito do mesmo inquérito, em 15 de Maio de 2009, já havia sido alvo de uma busca domiciliária à mesma residência, tendo nessa altura sido detido e apreendido o seguinte material:

 

·        3 7773 gramas de Haxixe;;

·        65 plantas de Cannabis Sativa

·         13 750 euros em notas do Banco Central Europeu;

·         Diverso material furtado.

 

publicado por Lacra às 18:30



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO