Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
15 de Março de 2010

António Veiga nunca tinha o visto o mar quando aos 17 anos se fez marinheiro pela mão de Manuel Teles, o capitão do navio de pesca Sakoba, sequestrado por piratas há quase uma semana ao largo da Tanzânia.

"Ele andava longínquo", diz António, amigo de infância do capitão natural da vila transmontana de Argozelo, no concelho de Vimioso, distrito de Bragança.

No interior profundo, longe do mar, o amigo aguarda notícias "preocupado", mas crente de "vai acabar bem".

 

Fonte: Lusa

10 de Março de 2010

A Junta de Freguesia de Argozelo foi abordada pelos responsáveis dos CCT para assumir a gestão daquele serviço na vila.

Já há uns meses, outras juntas do concelho de Bragança se queixavam de terem sido contactadas para assumir a distribuição do correio nas localidades, uma proposta que tem sido feita em vários concelhos do país. O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios e Comunicação chegou a apelar às autarquias e juntas para que não aceitassem qualquer tipo de acordo, por considerarem que em causa poderiam ser colocados em causa.

A Junta de Argozelo também está “preocupada” com a situação e já afirmou que não irá assumir a gestão por considerar que os CTT, como empresa pública, não podem determinar a sua estratégia e actividade com base em “critérios economicistas”.

Num comunicado enviado à imprensa, a autarquia de Argozelo exige a manutenção daquele serviço público, quase antevendo um possível encerramento.

“Conscientes de que estamos a exigir um Serviço Público a que temos direito e, não uma esmola, como alguns nos tentam fazer crer, exigimos a manutenção da Estação dos CTT de Argozelo, incluindo a sua abertura tanto na parte da manhã, como da tarde. Tudo faremos para que não se pratique mais uma profunda injustiça para com as gentes da nossa terra”, escreve o presidente da Junta, Francisco Lopes.

O autarca considera que o serviço é “fundamental” para o desenvolvimento de actividades económicas, sociais e culturais, não só na vila de Argozelo, mas também para uma vasta área que engloba freguesias vizinhas.

“São serviços de primeira necessidade para a garantia do bem-estar da população”, apontou o autarca.

 

Carteiros ameaçam com greve

Ainda na semana passada, o Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações anunciou que os profissionais passariam a cumprir horário de trabalho de forma rigorosa. A medida foi anunciada após uma reunião com os trabalhadores, em que foi decretada greve ao trabalho suplementar.

O sindicato queixou-se ainda da falta de funcionários suficientes para assegurar todo o serviço e da imposição de trabalho suplementar que não é pago.

Em Janeiro deste ano, face às múltiplas queixas apresentas por algumas juntas de freguesia relativamente aos alegados atrasos na correspondência, fonte dos CTT assegurou que o serviço postal universal do distrito está garantido com 94 carteiros apoiados por 73 veículos ligeiros e quatro motociclos.

 

publicado por Lacra às 08:07
01 de Março de 2010

 O Rebordelo comprometeu de forma decisiva a sua condição de candidato à vitória na AF Bragança depois de, neste domingo, ter empatado a um golo com o modesto Milhão, resultado que deixa a equipa de Jorginho cada vez mais longe dos líderes argozelenses, que não jogaram devido ao mau tempo.

 

O Vinhais, que venceu em Mogadouro, por 2-1, é agora uma séria ameaça ao segundo lugar, dos vizinhos de Rebordelo, uma vez que a diferença entre as duas equipas é de apenas três pontos.

 

Em alta está também o Mirandês, que venceu em Carção, por 2-1, e já é quarto da tabela, estando a seis pontos do segundo posto e a três apenas do terceiro… Tudo é possível ainda para a equipa do Douro.

 

Em Vimioso, o Águias voltou a desiludir, perdendo com o Alfandeguense por 3-4, num jogo cheio de golos e de chuva. Igual façanha à dos de Alfândega da Fé conseguiu o Lamas, que jogou no terreno do Poiares e conseguiu um triunfo claro, por 3-1, que deixa o Lamas mais longe dos dois últimos.

 

O jogo entre o Talhas e o Vila Flor, à semelhança do que aconteceu no Sendim-Argozelo, foi adiado devido ao mau estado do terreno, pelo mau tempo que se fez sentir em todo o Nordeste. O Campeonato volta dentro de uma semana, uma vez que, este domingo, há Taça. 

 

Fonte: Mensageiro Notícias

24 de Fevereiro de 2010

O Argozelo é cada vez mais líder do Campeonato AF Bragança, depois de, no passado domingo, ter vencido o Talhas, por 4-2, no Campo da Cova, e aproveitar da melhor maneira a distracção do seu principal adversário, no confronto com o Mogadourense.

Os líderes não deram quaisquer possibilidades ao Talhas, que vive uma fase de bons resultados, depois de um início de campeonato algo agitado, conseguindo o triunfo número 14, em 16 jogos disputados: um campeonato perfeito.

 

Rebordelo não pode voltar a falhar

Quem não esteve muito bem foi o Rebordelo, que não foi capaz de ultrapassar um pouco atrevido (este ano) Mogadourense, que colecciona desilusão sobre desilusão, mas soube complicar as contas aos vinhaenses, até agora únicos e sérios adversários dos argozelenses, na luta pelo topo da tabela.

Nesta altura, há ainda 10 jogos por disputar, pelo que muita coisa ainda pode acontecer, mas o Rebordelo sabe que não poderá voltar a falhar, porque o líder tem mostrado uma consistência acima do expectável.

 

Vinhais em alta

Em alta parece estar o Vinhais, que já é terceiro classificado da tabela, deixando para trás os seus companheiros de posição, depois da goleada, por 7-1, ao Poiares, naquele que foi o resultado mais desnivelado da jornada.

Vila Flor vence o Carção e prepara terreno contra o Talhas

O Vila Flor conseguiu um triunfo tangencial em casa, frente ao Carção, por 1-0, numa partida que se esperava mais desequilibrada. Este fim-de-semana os de Gilberto Gomes visitam o terreno do Talhas, num duelo que pode dar mudança de posição na tabela.

 

Mirandês prepara-se contra o Carção

Em recuperação está, também, o Mirandês, que venceu o Milhão por 3-1, em casa, e aligeirou os danos que a derrota em Rebordelo, uma semana antes, havia produzido. Este domingo, os de Miranda têm mais um jogo para vencer, na deslocação a Carção (embora os actuais décimos da tabela tenham dado boas indicações em Vila Flor).

Alfândega prepara jogo com Vimioso

Em Alfândega da Fé, o Alfandeguense local venceu o Sendim, por 2-1, e viaja, este domingo, até Vimioso, para defrontar uma das maiores desilusões desta temporada: o Águias, que este fim-de-semana empatou, a dois, no terreno do Lamas, penúltimo da tabela classificativa.

 

 Fonte: Mensageiro Noticias

10 de Dezembro de 2009

Comunidades judaicas da região de Bragança apresentam uma elevada diversidade genética, apesar das vicissitudes da sua história, segundo um estudo inovador publicado numa revista norte-americana de antropologia física.

A conclusão constituiu uma surpresa para a equipa de investigadores, coordenada por António Amorim, do Instituto de Patologia e Imunologia da Universidade do Porto (IPATIMUP), tendo em conta o esperado isolamento das referidas comunidades, que viveram longos períodos de clandestinidade.

As perseguições da Inquisição e, mais recentemente, o ambiente anti-semita vigente até ao final da Segunda Guerra Mundial fariam supor que essas comunidades mostrassem na actualidade uma diversidade genética muito baixa, resultante do seu pequeno efectivo e de uma reduzida interacção com a população circundante.

Este estudo, o primeiro realizado em Portugal nessas comunidades com base no cromossoma Y, ou seja, de linhagens exclusivamente masculinas, incidiu em 57 indivíduos de origem judaica reconhecida tanto por si próprios como pela comunidade, e residentes em Carção, Vilarinho dos Galegos, Argozelo e nas cidades de Bragança e Mogadouro.

"Para nossa surpresa, a diversidade genética dessa amostra revelou-se mesmo superior à da população portuguesa em geral", disse António Amorim à agência Lusa.

Além disso, acrescentou, "os tipos de linhagens que mostraram corresponde a uma relativa baixa frequência daquela que é típica da Ibéria e à abundância de linhagens típicas de populações do Próximo Oriente, nomeadamente de populações judaicas".

Assim, "enquanto na população portuguesa em geral há 60 por cento de indivíduos pertencentes ao mesmo grupo de linhagens a que chamamos ibéricas, ou pelo menos típicas da Europa ocidental, no caso destas comunidades judaicas não chega a 30 por cento" assinalou.

Por outro lado, prosseguiu, "as linhagens referidas como típicas do Próximo Oriente, vestigiais na população portuguesa em geral, são dez vezes mais frequentes nestas comunidades".

Segundo as conclusões do trabalho, publicado no American Journal of Physical Anthropology, "as comunidades estudadas conseguiram manter alguma identidade e não perder diversidade ao longo do tempo", graças a uma estratégia de cruzamentos que não teve efeito estrangulador na diversidade genética existente.

A situação observada contrasta com a registada noutros estudos com a participação deste investigador realizados em Belmonte, onde praticamente só subsiste uma única linhagem feminina, o que significa que houve muita endogamia e consequente redução da diversidade original.

Nesta investigação participaram também Leonor Gusmão (IPATIMUP), Verónica Gomes (IPATIMUP e Universidade de Santiago de Compostela) e Inês Nogueiro e Licínio Manco, do Departamento de Antropologia da Universidade de Coimbra.

Especialista em genética populacional, António Amorim coordena na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto um mestrado em genética forense e participa em programas doutorais de biologia, genética e evolução.

 

Fonte: I Online

publicado por Lacra às 12:01
13 de Outubro de 2009

 Argozelo decide vencedor em Tribunal

Em eleições todos os votos contam e se dúvidas há o Tribunal decide. Foi o que aconteceu em Argozelo, concelho de Vimioso. Havia dúvidas relativamente a dois boletins de voto e um possível empate entre os dois candidatos do PS e do PSD. Os ânimos ainda se exaltaram e a situação só foi resolvida depois de chamada a GNR ao local para levar os votos a serem contados pelo Tribunal. Já de madrugada surgiu a decisão que ditou a vitória do PSD por apenas três votos. Os dois boletins de voto que suscitavam dúvidas acabariam por ser considerados nulos.

 

PSD prossegue com queixa à CNE

Mas problemas houve também no concelho de Vinhais. Durante a manhã, duas secções de voto que funcionavam no espaço da câmara municipal foram encerradas devido a uma queixa do PSD. É que no local existiam câmaras de vigilância e, segundo os delegados do PSD, tal poderia condicionar o sentido de voto dos eleitores.

A queixa prosseguiu para a Comissão Nacional de Eleições mas, ao que consta, as câmaras de vigilância estariam desligadas e foram depois cobertas para assegurar uma completa confidencialidade.

A GNR não tomou conta da ocorrência por não ter legitimidade para entrar numa assembleia de voto sem solicitação do presidente da mesa.

 

França repete eleições para a freguesia

Na freguesia de França, concelho de Bragança, as eleições para a Junta de Freguesia vão voltar a repetir-se neste próximo domingo, 18 de Outubro. É que a população votou igualmente para o PSD e para o PS, dando 141 votos a cada uma das forçar partidárias.

Também na freguesia da Lavandeira, em Carrazeda de Ansiães, os votos ficaram divididos entre a coligação PSD/CDS-PP e o PS, com 88 votos cada. No entanto, dado que estes votos foram para a câmara municipal e não para a Assembleia de Freguesia, não é necessário realizar novo sufrágio. 

22 de Setembro de 2009

 Francisco Lopes candidata-se pelo PSD à Junta de Freguesia de Argozelo para colocar a vila no caminho do “progresso”. O candidato apresentou-se à população no passado domingo com promessas de trabalho e dedicação.

O facto de ter assumido o mandato depois da saída de Luís Rodrigues, candidato do PSD que em 2005 ganhou a Junta com 50,7 por cento dos votos, não é visto como prejudicial. Na altura, ventilou-se que as razões da demissão estariam relacionadas com a falta de apoio camarário à vila de Argozelo, motivos que são refutados pelo actual autarca e candidato Francisco Lopes.

“O ex-presidente está connosco de alma e coração. Saiu, ao fim de três anos, por motivos familiares. O facto de ter deixado o mandato não nos vai prejudicar porque fizemos obra”, justificou Francisco Lopes.

O candidato aposta tudo no desenvolvimento da “Cortinha”, zona onde quer construir uma nova sede da Junta de Freguesia, um Centro Cívico e a Associação dos Bombeiros Voluntários.

Reforçar os serviços de saúde na localidade e dar melhores condições à terceira idada são outras das prioridades da candidatura social-democrata para Argozelo.

Francisco Lopes reforça que é importante é “estar com a câmara e com o progresso” e não tem dúvidas de uma vitória, pese embora adiante que em eleições “tudo é possível”.

A equipa do candidato do PSD é composta por 30 elementos, na sua maioria jovens. 

publicado por Lacra às 15:08

 José Sena apresentou-se, no passado Sábado, como candidato socialista pela Junta de Freguesia de Argozelo. O candidato apontou como prioridade a área social e a terceira idade, evocando as várias carências que existem na freguesia, sobretudo ao nível de equipamentos.

“Era fundamental alargar o lar ou fazer um outro porque temos muitos idosos e, como somos uma terra de emigrantes, são muitos os que se sentem sozinhos”, apontou.

José Sena diz ter vários projectos para desenvolver Argozelo e pediu uma vitória semelhante à de 2001. Mais do que criticar o candidato da oposição, Sena atacou sobretudo o executivo laranja de Vimioso.

“Não vou falar contra a Junta porque sei que é difícil desenvolver aqui projectos. A Junta tem uma verba de 40 mil euros por ano, é difícil desenvolver projectos com essa verba”, explicou.

No seu entender, “inadmissível” é que a autarquia de Vimioso não invista mais na freguesia de Argozelo, uma das maiores do concelho, em número de habitantes. Mas o candidato critica ainda a criação de 80 postos de trabalho na câmara e a atribuição de apenas um lugar a um natural de Vimioso.

“Teríamos de ter, pelo menos, 15 pessoas já que esta é uma terra que gera três milhões de euros para a câmara e pouca dessa verba é aqui investida”.

Como exemplo da alegada “falta de investimento”,  o candidato socialista apontou o problema da água, que persiste há oito anos.

“Bebemos água emprestada de Bragança há oito anos e a câmara não faz nada. É grave para a nossa freguesia e não só. Já tiveram mais que tempo para ter resolvido o problema”.

José Sena diz não compreender o porquê do “esquecimento” de Argozelo após as eleições e pediu aos habitantes que “votem na gente da terra deles”, lembrando que a lista do PS ao executivo de Vimioso integra um natural de Argozelo em segundo lugar.

“Será a primeira vez que Argozelo tem a possibilidade de ter um vice-presidente na câmara de Vimioso. Espero que as pessoas abram os olhos e votem nas pessoas que representam a sua terra”.

publicado por Lacra às 15:07
26 de Agosto de 2009

A autarquia de Vimioso desafia o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade (ICNB) a deslocar-se ao concelho para verificar “in loco” a situação em que se encontra o rio Maçãs e o rio Angueira, as duas únicas fontes de reserva de água da localidade.

Actualmente, segundo o autarca, José Rodrigues, os dois rios encontram-se praticamente secos, o que está a conduzir a deixar sem água quase metade do concelho de Vimioso. As localidades mais afectadas, para já, são Argozelo, Carção, Santulhão, Avinhó, Matela e Junqueira. No entanto, se continuar sem chover, a situação poderá estender-se às restantes freguesias.

A câmara está, por isso, a ponderar estabelecer uma parceria com o concelho vizinho de Miranda do Douro no sentido de ir retirar água ao rio Douro. A “solução” não agrada ao executivo mas é a “possível”  face aos condicionalismos impostos pelo ICNB às alternativas já apresentadas para a resolução do problema.

A falta de água no verão é um problema que afecta Vimioso há já vários anos e que, segundo José Rodrigues, poderia ser resolvido com a construção de uma mini-hidríca no rio Angueira e com o alteamento de dois açudes no rio Angueira e no Maçãs. Os projectos já foram apresentados ao ICNB mas têm sempre sido chumbados devido aos condicionalismos inerentes a locais classificados como Rede Natura 2000. Segundo o autarca, o ICNB só aprovaria os projectos com determinadas condições que não servem os interesses das populações porque não resolveriam o problema da seca.

“O ICNB apontou limitações ao nosso projecto e, dessa forma, a situação fica na mesma. O melhor seria que viessem ao terreno ver como estão os rios Angueira e o Maçãs para terem noção da realidade”, apontou o autarca.

José Rodrigues assume mesmo estar “revoltado” com a posição do ICNB já que, para além dos prejuízos para as populações afectadas, há riscos para a fauna local, nomeadamente para a fauna piscícola.

Desde a semana passada que a vila de Argozelo e algumas aldeias estão a ser abastecidas com recurso a auto-tanques dos Bombeiros naquilo que o autarca classifica como “um verdadeiro crime ambiental”.

Recorde-se que também no concelho de Bragança há várias freguesias a ser abastecida por auto-tanques dos Bombeiros, uma situação que se repete ano após ano, por altura do Verão, um pouco por todo o Nordeste Transmontano.

02 de Agosto de 2009

 Depois da apresentação do candidato do PS de Vimioso, Jorge Fernandes, o PSD avança também hoje com a apresentação do seu candidato: José Rodrigues, no mesmo local onde foi ontem apresentado Jorge Fernandes.

 

Pequena biografia do candidato PSD:

 

José Baptista Rodrigues

57 anos

Licenciatura em Ciências Empresarias

Especialização em Gestão Financeira

Independente, ganhou as eleições autárquicas pelo PSD há quatro anos atrás.

 

Ontem, Jorge Fernandes apresentou em segundo lugar um nome de Argozelo. Caso ganhe, será a primeira vez que Argozelo estará representado por alguém na autarquia.

Outra das novidades: Levinda Penedos, esposa do presidente da Rede Eléctrica Nacional, é a candidata do PS à junta de Campo de Víboras.

 

Mais logo traremos novidades da apresentação do PSD em Vimioso.



Posts mais comentados
Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO