Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
23 de Dezembro de 2010

 

 

 

Já está a funcionar, no Mercado Municipal de Bragança, a pastelaria da Doceamêndoa, com doces e bolos artesanais únicos, cuja receita é bem guardada em família. Aqui podem encontrar-se diversos doces à base de amêndoa, nozes, pinhões, avelãs, chila e castanha, num total de 32 variedades, incluindo bolos de aniversário e bolos apropriados a cada época do ano.

Nesta época natalícia, a Doceamêndoa destaca o seu bolo-rei de castanha, um bolo recheado de frutos secos, com uma massa especial, cujo segredo não se pode revelar, e decorado com castanhas, frutos secos e apenas cereja cristalizada para enfeitar, tudo polvilhado com açúcar. Para além desta iguaria, há, também, a possibilidade de adquirir o bolo-rei sem açúcar, apropriado para os diabéticos e para todos os que desejam comer de forma mais saudável.

A castanha, aliás, é um fruto a que a empresa está a dar muito destaque, já desde o início deste ano, como contou Maria Diogo, responsável e doceira: “temos a tarte de castanha e mel, os bolos “sacos de castanha”, o pão de ló de castanha”, exemplificou.

Em Bragança, a Doceamêndoa criou quatro postos de trabalho e tem já em vista a exportação para países como a Espanha, França, Alemanha, Itália e Brasil.

A casa abriu, inicialmente, em Torre de Moncorvo, há mais de 15 anos, numa altura em que a tradição de usar amêndoa na doçaria regional estava praticamente perdida. A família criou as receitas e decidiu avançar, conseguindo divulgar estes doces únicos e originais, não só em todo o país, como em outras partes do mundo.

O segredo para esta divulgação tem estado no trabalho desenvolvido ao longo dos anos, na qualidade dos produtos e, também, na presença permanente em várias feiras de artesanato e de gastronomia que ocorrem por todo o país e pela Europa.

Os bolos, os doces artesanais, o pastel de nata produzido de uma forma muito especial pela Doceamêndoa, (um verdadeiro pastel de nata tradicional), têm conquistado muito público, e não apenas os gulosos.

 

Amêndoa Coberta vai estar à venda em breve

Em breve, a Doceamêndoa pretende, também, abrir uma nova loja, junto à pastelaria, dedicada, única e exclusivamente, ao fabrico da tradicional amêndoa coberta de Moncorvo. Este famoso doce genuíno vai ser fabricado ao vivo e à moda antiga, com a amêndoa a ser trabalhada nas bacias de cobre, envolvidas, constantemente, em calda de açúcar até atingirem o ponto.

Para todos os apreciadores da doçaria tradicional e artesanal, em especial daquela que usa frutos regionais, esta é uma excelente oportunidade para conhecer e provar os bolos da Doceamêndoa, na pastelaria do Mercado Municipal de Bragança.

 

Fonte: Mensageiro de Bragança

 

 

publicado por Lacra às 08:30



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
18
27
28
29
30
31
blogs SAPO