Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
30 de Novembro de 2010

Os estudantes do meio rural de Bragança não têm transporte público para a cidade hoje de manhã devido à neve, embora as escolas estejam abertas, segundo disse à Lusa o presidente da Câmara, Jorge Nunes.

“Ainda não saiu nenhum autocarro para o meio rural, enquanto não houver condições de segurança para fazer o transporte dos alunos”, disse o autarca, perto das 08:00, hora em que habitualmente muitas crianças da s aldeias estão a fazer ou já terminaram a viagem.

Dentro da cidade, o presidente da Câmara disse que a frota dos Serviços de Transportes Urbanos de Bragança (STUB) “vai começar a funcionar com um ligeiro atraso” do que o horário habitual que costuma ser antes das 08:00.

Jorge Nunes garantiu ainda que, apesar de continuar a neve, “se circula dentro da cidade, embora haja um ponto ou outro mais crítico”.

Segundo o autarca resta a aguardar pelo evoluir da situação, mas o dispositivo de combate à neve e gelo está já no terreno.

Perto da 08:00 ainda nenhuma entidade conseguia fazer à Lusa o ponto geral da situação em todo o Distrito de Bragança devido à neve.

A exceção são as estradas, em que a 315, em Bornes, Alfândega da Fé, continua encerrada desde pouco depois das 17:00 horas de segunda feira, segundo informações prestadas à Lusa pelo comandante distrital da Protecção Civil, Carlos Alves e a Brigada de Trânsito da GNR.

Nesta região há ainda outra estrada encerrada, a chamada “estrada da serra” por atravessar a Serra da Nogueira, e que se encontra intransitável entre o cruzamento de Nogueira e do Zoio, no concelho de Bragança.

A principal via da região, o IP4, está transitável, segundo as autoridades, embora com alguns “constrangimentos” na zona do Alto de Rossas, próximo de Bragança.

A neve começou a cair com maior intensidade ao início da noite de segunda feira na cidade de Bragança que, apesar de ser a mais fria e mais habituada a estes cenários, foi a última do Distrito a receber os flocos brancos.

Começou a nevar a sul em zonas menos habituais, e em Torre de Moncorvo, a estrada municipal 623, que ajuda a fazer os seis quilómetros entre o Castedo e a Lousa, esteve cortada pela neve.

 

FONTE: LUSA

publicado por Lacra às 10:25



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
16
26
27
28
blogs SAPO