Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
08 de Novembro de 2010

É mais uma vitória para a Associação de Desportos de Combate de Macedo de Cavaleiros. Pese embora as dificuldades que travam, sobretudo quando comparadas com associações sedeadas no litoral, e com pouquíssimos apoios, do qual se destaca, sobretudo, o da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, a ADCMC viu três dos seus atletas escolhidos para, com outros três, representarem Portugal no Campeonato Europeu que se irá realizar na Grécia, ainda este mês.

Tânia Afonso e Franclim Fernandes foram apurados para representar Portugal na modalidade de Light-Kick, que se diferencia por permitir alguns golpes abaixo da cintura. Já Hélder Ferreira foi apurado para competir na modalidade de Full Contact, uma das categorias do Kickboxing em que é utilizada potencia máxima, não sendo permitidos golpes abaixo da cintura.

Esta é a primeira vez que a Associação de Desportos de Combate de Macedo de Cavaleiros tem atletas em eventos internacionais. O apuramento para a Selecção Nacional, em representação do país num campeonato europeu, é “mais uma prova do seu valor”, conforme notou Luís Durão, presidente da associação e mestre.

“É mais uma etapa superada. É algo a que estamos habituados, quebrar barreiras tem sido habitual no nosso percurso”, disse.

O trabalho de preparação que tem vindo a ser realizado foi fundamental para que, de entre um vasto conjunto de candidatos, a Associação visse os seus três atletas apurados para participar neste campeonato. É uma grande prova do reconhecimento, valor e potencialidade destes atletas e do trabalho realizado pela Associação ao longo destes anos.

A nível nacional, são vários os troféus que a ADCMC tem vindo a conquistar. É de recordar que Franclim Fernandes terminou a época de 2009/2010 como campeão nacional de Light Kick, embora essa tenha sido a primeira vez que entrou em competição nessa modalidade. Também Hélder Ferreira e Tânia Afonso são outros dois atletas com boas potencialidades e vários troféus no currículo.

 

Atletas precisam de patrocínios

Uma das principais dificuldades com que a Associação e os atletas se debatem é a falta de patrocínios. O apuramento para a Selecção Nacional apenas garante a qualidade dos atletas para representarem Portugal no Campeonato Europeu. Já os custos da deslocação à Grécia e demais despesas inerentes não são contempladas pela Federação Nacional. Assim, resta à ADCMC procurar o patrocínio das entidades e empresas regionais para que estes atletas possam representar Trás-os-Montes ao mais alto nível.

Luís Durão tem feito o alerta, no entanto, os apoios continuam a escassear, pese embora “não se trate de futebol regional, mas sim de um Campeonato da Europa...”. Até agora, o maior patrocinador da modalidade tem sido a câmara municipal de Macedo de Cavaleiros que, para além de ter cedido uma sede à Associação, contempla, todos os anos, a ADCMC com verbas que têm permitido a participação em campeonatos regionais e nacionais e que possibilitaram já a compra de um transporte próprio.

 



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
16
26
27
28
blogs SAPO