Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
21 de Setembro de 2010

O salmão, um peixe gordo de origem marinha, melhora a capacidade de aprendizagem das crianças. A conclusão é de um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, que revela, ainda, que há outros efeitos positivos sobre as funções cerebrais associadas à memória dos mais novos.

O consumo de salmão potencia a memória e o desenvolvimento cognitivo, melhora a capacidade visual e previne os problemas associados ao deficit de atenção e hiperactividade.

A nutricionista Elsa Feliciano revela, ainda, que é importante aumentar o consumo de peixe gordo, como é o caso do salmão, porque o nosso organismo não consegue sintetizar quantidades suficientes de ácidos gordos EPA e DHA, mais conhecidos como ómega 3.

“A alimentação constituiu a melhor forma de obter essa gordura essencial. Por isso, o aumento do consumo de peixe gordo, como o salmão, é tão importante para as crianças”, afirma.

O grande dilema e drama dos pais é confrontarem-se, muitas vezes, com atitudes dos mais novos como – “não gosto!” ou “não quero”.

Elsa Feliciano aconselha os pais a não desistirem:

“Apesar das manhas à mesa, lembre-se que as recomendações sugerem o consumo mínimo de duas vezes por semana de peixe gordo de origem marinha, o que corresponde à ingestão de 45 mg/dia de EPA + DHA. Na hora de pensar no que vai fazer para o jantar, pode sempre recorrer a soluções já preparadas – peixe ao natural, panado – nutricionalmente correctas e seguras, que lhe permitem cumprir o desafio e criar novos e saborosos pratos, como por exemplo, uma salada russa ou massa cotovelo com legumes com duas ou três tiras de salmão panadas.

Por mais que o seu filho lhe diga que não gosta de peixe, lembre-se: O seu exemplo é essencial! Os pais que não apreciam peixe têm também alguma dificuldade em convencer os mais pequenos a experimentar. As crianças precisam de tempo para se habituar às novas texturas e sabores do peixe. Por isso, ofereça-lhes peixe e nunca desista, aproveite as soluções sem espinhas para que eles não tenham razão para resistir”.

 

 

ONDE PODEMOS ENCONTRAR O ÓMEGA 3:

NOME DO PEIXE

ÁCIDOS GORDOS –

 POLINSATURADOS (g)*

Salmão (grelhado)

7,3

Atum (conservado em óleo)

7,1

Sardinha gorda (grelhada)

4,5

Pescada (frita)

4,4

Cavala (cozida)

4,3

Dourada (cozida)

4,1

Linguado (frito)

4,0

Robalo (grelhado)

3,5

Bacalhau seco e salgado, demolhado (assado no forno)

0,5

*A gordura polinsaturada é maioritariamente representada por ácidos gordos da família do ómega 3

Fonte: Tabela de Composição de Alimentos, Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge

 



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
19
20
24
26
blogs SAPO