Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
29 de Abril de 2010

A Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) assinou um protocolo com a Caixa Agrícola de Bragança para criar uma linha de crédito especial, destinada aos alunos que queiram ingressar nos cursos leccionados em Bragança.

Esta linha de crédito permite aos estudantes pagar a licenciatura de três anos no prazo de seis anos, tornando mais “suaves” os custos inerentes ao pagamento das propina.

Esta iniciativa surgiu “a pensar nos problemas da interioridade e da actual conjuntura económica”. É que, segundo fonte da CESPU, são vários os interessados em ingressar no Ensino Superior que têm apresentado como limitação as dificuldades económicas.
Para além do referido protocolo o próprio Estado Português convencionou com entidades bancárias um sistema de empréstimos com taxa de juro mínima, sem avales ou garantia patrimonial e com um reembolso de seis a 10 anos (www.mctes.pt).
Existem outros mecanismos de auxílio reservados a estudantes com menores recursos económicos como as Bolsas da Direcção Geral do Ensino Superior (DGES), disponibilizadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Através do website www.dges.mctes.pt pode ser consultada toda a legislação e podem efectuar-se simulações.
Na área das pós-graduações a CESPU tem protocolos com diversas entidades, nomeadamente, ARS-Norte, Centro Hospitalar do Nordeste, Santa Casa da Misericórdia de Bragança, entre muitas outras, que à partida, concedem um desconto de 10 por cento no valor dos cursos aos colaboradores daquelas entidades.
Actualmente, a CESPU tem em funcionamento em Bragança as licenciaturas em Psicologia, (agora também com a vertente clínica), Informática de Gestão e Segurança e Higiene no Trabalho, um curso único em toda a região transmontana.

A nível da formação pós-graduada, a CESPU tem no momento inscrições abertas para Pós-Graduação em Emergência e Trauma, Gestão das Unidades de Saúde, Cuidados Continuados e Paliativos, e Avaliação e Intervenção em Feridas.

A maior parte dos cursos funciona em horário pós-laboral, nomeadamente as pós-graduações.

No próximo ano, as licenciaturas vão funcionar em horário diurno e nocturno e há possibilidade de abertura de novos cursos de licenciatura e mestrado que, actualmente, aguardam aprovação por parte do Ministério da Ciência e Ensino Superior.

 

 

publicado por Lacra às 08:00
Fico na dúvida se esta é uma boa noticia, por um lado pode ajudar muita gente que de outra forma não poderia continuar a sua formação. Por outro, insere já nos estudantes do hábito de estarem endividados, mesmo antes de começarem a ter uma fonte de rendimento. Vamos dar tempo ao tempo.
Credito pessoal a 26 de Julho de 2010 às 22:09



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
blogs SAPO