Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
28 de Abril de 2010

 

 

O Centro Internacional de Voo à Vela, sedeado no aeródromo de Mogadouro, abriu mais um curso da modalidade no qual estão inscritos nove pilotos. Se todos eles conseguirem o brevet, (licença de voo), o Centro será responsável pela formação de metade dos pilotos da modalidade em todo o país.

Nestes últimos cinco anos, o Centro formou cinco pilotos, um número que, embora pareça baixo, corresponde a um terço de todos os alunos formados no país. Estes “salto” que o Centro Internacional tem dado, no panorama nacional, é prova do “sucesso” alcançado, conforme salientou João Henriques, vice-presidente da câmara municipal.

“Se todos os alunos conseguirem o brevet, daremos um salto maior e passaremos a formar metade dos alunos do país a fazer voo planado. É um sucesso do Centro Internacional”, apontou.

O aeródromo de Mogadouro é considerado um dos melhores do país para a prática de voo à vela, um desporto “radical”, não poluente.

“As condições climatéricas e geográficas fazem do aeródromo um dos melhores para a prática da modalidade, igualável com poucos fora do país”, considerou João Henriques.

 

Nova revista consolida projecto

O aparecimento da “Planadouro”, uma revista da especialidade, gratuita e acessível na Internet, elaborada pelo corpo técnico e alunos do curso de voo à vela, é o culminar de todo um projecto iniciado em 2001, com a construção do aeródromo.

Artur Gonçalves, um dos responsáveis deste projecto, explicou que a nova publicação vai servir como plataforma de troca de experiências e registo das actividades realizadas no Centro Internacional.

“É uma plataforma que vai servir para a troca de experiências e de registo dos anseios e dos objectivos alcançados no contexto do Centro Internacional. Ao longo da nossa prática há muita matéria de segurança, muitos conselhos, que agora podem ficar registados por escrito”, apontou.

A publicação pode ser consultada livremente através do endereço http://vooavela.mogadouro.pt. A primeira edição já está acessível, as outras saíram trimestralmente, acompanhando as estações do ano.

“O voo à vela está muito ligado à meteorologia, ao clima e à natureza, factores que têm muita influência neste desporto. A primavera é o início da época de voos, o verão é a estação por excelência para voar, o Outono é a conclusão dessa estação alta e o inverno é o momento para a escola, para tratar dos planadores, fazer as revisões técnicas e para os alunos continuarem as suas aulas”, explicou Artur Gonçalves.

Moraes Machado, presidente da autarquia, entende que esta publicação vai consolidar o trabalho que o Centro Internacional tem vindo a desenvolver, destacando a importância do mesmo na divulgação do concelho e na atracção de pilotos de todo o país e Europa à localidade. A partir daqui, o objectivo é tornar o Centro “mais conhecido” e “aumentar o número de alunos”.

A aposta será também na formação de pilotos do concelho de Mogadouro para que, no futuro, sejam eles os impulsionadores da escola e os seus protagonistas. 

Bela iniciativa...pois neste pais o futebol não pode ser o unico desporto a receber apoios.

Bem hajam pela optima iniciativa.
Carlos Gomes a 8 de Maio de 2010 às 10:36
Aviação tambem é cultura

Joana Alves
Anónimo a 9 de Maio de 2010 às 21:36



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
blogs SAPO