Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
12 de Abril de 2010

A família da mulher que morreu no último acidente na linha do Tua continua à espera, quase dois anos depois, da conclusão do inquérito judicial, sem ainda ter sido indemnizada, disseram hoje à Lusa familiares.

"Ninguém nos contactou, ninguém nos disse nada, portanto não sabemos absolutamente nada", disse à Lusa Rosa Barros, irmã de Olema, a única vítima mortal do acidente de 22 de agosto de 2008.

A carruagem em que viajavam cerca de 50 pessoas tombou causando um morto e dezenas de feridos, naquele que foi o quarto acidente com outros tantos mortos em um ano e meio.

 

Fonte: Lusa



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
blogs SAPO