Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
15 de Março de 2010

Está cada vez mais difícil levar para Freixo de Espada à Cinta uma prova do Campeonato Europeu de Motocross. A pista está homologada para receber provas nacionais e internacionais mas, segundo Alfredo Castro, da Federação de Motociclismo de Portugal, a actual conjuntura económica tem trazido muitas dificuldades, nomeadamente aos promotores.

“Eu sou comissário europeu e as provas são cada vez mais complicadas de realizar, está cada vez mais difícil porque não se podem fazer provas do europeu sem promotores e os promotores têm cada vez mais dificuldades”, adiantou.

Ainda assim, Raúl Ferreira, presidente da junta local e promotor da prova do nacional na vila, promete que vai lutar e tentar arranjar meios e financiamento para dar mais esse passo: “não vamos desistir de ter aqui uma prova do europeu, sou homem de ir à luta, gosto de concretizar o que penso e com o apoio de outras entidades e da Federação hei-de realizar o campeonato em Freixo”.

Uma das hipóteses, ponderada pelo próprio responsável da Federação, é iniciar em Freixo de Espada à Cinta provas do campeonato europeu nas classes mais baixas – entre os 65 e os 85cc. Ainda assim, Alfredo Castro antevê dificuldades.

“Mesmo assim seria complicado. O problema aqui são as condições de hotelaria. Em termos de parque e de pista, tem todas as condições e todos os anos há melhorias, quer para o público quer para os pilotos”.

Raul Ferreira pondera, no entanto, fazer uma candidatura através do agrupamento europeu Douro/Duero, para assim conseguir financiamento: “podemos pensar em fazer uma candidatura conjunta, com os parceiros espanhóis, uma vez que estamos todos no agrupamento”.

Desistir está completamente fora de questão, como fez questão de frisar: “não vamos desistir, nunca desisti e tenho apoios para concretizar o sonho de trazer para Freixo de Espada à Cinta uma prova do campeonato europeu”.

 

Centenas na prova do Campeonato Nacional

No Campeonato Nacional, a pista de Freixo de Espada à Cinta continua a afirmar-se positivamente, levando àquela vila centenas de simpatizantes e vários pilotos da modalidade. Na última prova, realizada ontem, o piloto Luís Correia conseguiu reforçar a posição de liderança do Campeonato Nacional de Motocross, ao vencer as duas mangas da segunda jornada Elite.

Nas corridas do escalão Júnior, cuja jornada se iniciou na pista transmontana, esteve em evidência o piloto Ivo Fernandes, que assumiu a liderança nas duas corridas.

Ao todo, compareceram 32 pilotos Elite e 34 Juniores, mais 15 jovens dos Troféus de Infantis. Uma adesão que surpreendeu, pela positiva, Alfredo Castro, da Federação de Motociclismo de Portugal.

“Foi uma surpresa terem vindo aqui tantos pilotos porque a distância é muito grande e há pilotos que fazem mais de mil quilómetros para estarem presentes”.

Apesar da crise ter chegado também ao motocross, “um desporto caro”, Freixo de Espada à Cinta continua a afirmar-se nesta modalidade, pela positiva.



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
27
28
blogs SAPO