Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
13 de Janeiro de 2010

 A Câmara Municipal de Bragança já adquiriu os terrenos onde estão situadas as casernas do antigo Quartel de Bragança para lá instalar, de forma definitiva, a feira da cidade, de modo a permitir condições que actualmente não existem.

Ontem, chuva intensa levou a que muitos feirantes não chegassem a montar a tenda e outros fossem embora mais cedo. Isto porque a água e a lama tornaram, sobretudo, a parte inferior do recinto impraticável.

"É o que se vê e não há condições para trabalhar. A maior parte foi embora”, explicou Virgílio um feirante vindo de Viseu. Por esse motivo, alguns feirantes foram à Câmara Municipal pedir melhores condições.

“Não nos pondo aqui uma gravilha sujamos o pano todo e depois cai aquela água e sujidade para cima de mercadoria” referiu Luís Dias, de Macedo de Cavaleiros, que nem chegou a montar a tenda com medo de estragar os seus artigos.

Este foi um dos feirantes que foi falar com Rui Caseiro, o vice-presidente da Câmara Municipal de Bragança, pedir ao município uma melhoria do espaço. Rui Caseiro explicou ao Mensageiro que a Câmara já introduziu algumas melhorias e que, dentro de cerca de dois anos, os comerciantes terão um dos melhores espaços de feira no do país, a construir no terreno dos antigo Quartel, ou seja, numa zona central da cidade. Esse será um espaço com piso totalmente pavimentado e dotado de todas as condições.

O projecto está neste momento em elaboração. Entretanto, e para melhorar o actual espaço, quando as condições climatéricas são mais adversas, a Câmara Municipal vai colocar gravilha no chão, tal como foi reivindicado pelos comerciantes, e melhorar a escorrência de águas. Isso só poderá acontecer após haver uma melhoria do tempo e terreno ficar mais seco.

Esta foi a segunda vez, num curto período, que, devido ao mau tempo, muitos feirantes não puderam fazer a feira em Bragança. Antes do Natal, uma das feiras mais lucrativas do ano, por causa da neve, só meia dúzia chegaram a montar o stand e a maioria foi embora a meio da manhã.

 

Fonte: Mensageiro

publicado por Lacra às 11:23
São coisas que nen se conseguem explicar.
engenharia civil a 16 de Janeiro de 2010 às 09:37



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
18
blogs SAPO