Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
29 de Dezembro de 2009

Uma forte enxurrada assolou esta manhã a vila de Mogadouro. Garagens inundadas, vias de trânsitos cortadas, muros destruídos, terrenos alagados, automóveis “atascados” que tiverem de ser rebocados, foi este um pouco do cenário vivido. O Ponto mais crítico foi a zona da avenida do Sabor, onde em alguns locais a agua ultrapassou o metro de altura. 

As preocupações dos agentes da Protecção Civil centraram-se nos reservatórios de água de uma clínica de hemodiálise para que a mesma não fosse contaminada, situação que foi evitada.

Devido a tromba de água, houve infraestruturas que não aguentaram a drenagem situação que levou ao levantamento de tampas de saneamento e grelhas de drenagem. Em alguns pontos foi necessário a intervenção de máquinas para derrubar muros e passeios para que a agua pudesse escoar.

Segundo António Pimentel, vereador das Obras Públicas no município de Mogadouro, esta situação ficou-se a dever a queda intensa de chuva. Porém não esta colocada de lado uma intervenção pontual para minimizar futuras situações.

A chuva está a provocar alguns transtornos e até várias inundações na região transmontana.

Até agora há a indicação que a água e a derrocada de pedras estão a impedir a circulação na EN219, entre Carção e Vimioso, e também no concelho de Miranda do Douro, na EN 221, na localidade de Vila Chã da Braciosa.

Mas não foram só as rodovias que a intensa queda de chuva afectou.

Dentro da vila de Mogadouro, as enxurradas provocaram alguns transtornos.

Em estabelecimentos da principal avenida da vila, a água chegou a atingir um metro de altura.

Naquela zona, foram quatro as viaturas que ficaram imobilizadas e que tiveram de ser rebocadas.

Há quem diga que há mais de 30 anos que não se via uma situação idêntica em Mogadouro, no entanto a Protecção Civil accionou todos os meios para minimizar a situação, como relata António Pimentel, vereador das Obras Públicas do município de Mogadouro.

Há também relatos de situações pontuais no mundo rural, onde os sistemas de drenagem não deram vasão à enxurrada.

 

Fonte: RBA

 

publicado por Lacra às 15:52



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
19
26
blogs SAPO