Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
14 de Dezembro de 2010

Apesar do céu continuar limpo e com Sol, as temperaturas vão voltar a descer amanhã em Portugal, com Bragança a atingir os 2º negativos e Guarda os 0º. O Instituto de Meteorologia prevê para amanhã nova descida de temperatura e formação de geada, em especial nas regiões do interior Norte e Centro. A cidade mais fria deverá ser Bragança, a atingir os 2º negativos, logo seguida da Guarda, com 0º. A cidade do Porto ficará pelos 4º e Lisboa atingirá os7º. Mais tempo frio a aconselhar um bom agasalho e, se possível, a ficar em casa. Nas ilhas o frio não se fará sentir tanto como em Portugal continental, com o Funchal a atingir os 18º e Ponta Delgada os 14º. Fonte: DN
publicado por Lacra às 17:54
tags:

 

 

 

Os Bombeiros Voluntários de Freixo de Espada à Cinta herdaram, de uma benemérita, várias propriedades rurais, incluindo um terreno de 53 hectares com amendoais, vinhas e sobreiros. Com a rentabilização deste valioso património, a corporação poderá contar com uma situação económica mais confortável.

Solteira e sem descendentes, a menina Veneranda decidiu deixar grande parte da sua fortuna aos bombeiros há cerca de um ano. Além das propriedades rurais, a idosa legou ainda uma vivenda em Cascais e uma casa na aldeia de Ligares, de onde era natural, que deve ser transformada em museu.

A agricultura é agora outra das ocupações da corporação de Freixo de Espada à Cinta. Para facilitar o trabalho, foi construído "um armazém de apoio às atividades da quinta", que foi conseguido "com material reciclado e aproveitamento de restos de obras, inclusive do próprio quartel, e com o apoio de muitos empreiteiros", explica o comandante António Sá Lopes, em declarações à RTP. 

Os bombeiros planeiam também construir uma unidade de formação na própria quinta, aproveitando as condições daqueles terrenos para desenvolver ações de Todo-o-Terreno e de desencarceramento. 

 

Fonte: Lusa

Foto: Manuel Teles/Lusa

publicado por Lacra às 11:40


O Hotel Spa de Alfândega da Fé foi vendido aos proprietários do Hotel Alcazar de Monte Gordo.

A estrutura turística que nos últimos anos tem vido a levar o nome da Serra de Bornes por todo o país é já propriedade da família Raposo, natural de Miranda do Douro e detentora de outros investimentos hoteleiros no Algarve.

A empresa Municipal de Desenvolvimento Turístico de Alfândega da Fé , Alfandegatur, aliena assim a unidade à melhor proposta apresentada, num universo total de três ofertas que surgiram para tomar em mãos o destino da unidade hoteleira.

A família Raposo apresentou uma proposta que prevê o investimento de um milhão e meio de euros em obras de melhoria das condições do hotel, nomeadamente o aumento da oferta actual de 25 quartos para 75. Além disso, assume 1,6 milhões de euros dos cerca 2 milhões do passivo da empresa municipal.

O contrato poderá estar concluído até ao final deste ano e as obras de reconversão do hotel podem vir a ser iniciadas já durante o primeiro trimestre de 2011.

Os novos investidores ficam apenas com a propriedade do hotel, uma vez que o SPA ao ar livre ser-lhes-á apenas concessionado, já que vai permanecer como propriedade da Câmara Municipal.

 

Fonte: Notícias do Nordeste


 

 

 

A unidade hospitalar de Bragança vai iniciar, no primeiro trimestre do próximo ano, o processo de acreditação da qualidade. Este é um processo que visa implementar procedimentos clínicos padronizados a nível europeu, seguindo critérios de estandardização de excelência.

Num primeiro encontro internacional dedicado ao tema, a decorrer em Bragança, Henrique Capelas, presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar do Nordeste, revelou que o grande objectivo é ter as três unidades hospitalares, (Bragança, Macedo de Cavaleiros e Mirandela), acreditas ao nível da qualidade, seguindo processos que se traduzam numa maior segurança relativamente ao risco clínico e numa maior eficiência em todos os procedimentos.

A acreditação da qualidade é um processo complexo e moroso que terá de envolver todos os profissionais e responsáveis de serviços clínicos, sendo que o prazo de implementação será sempre, “no mínimo”, de um ano.

“É um processo muito complexo e que demora sempre, no mínimo, um ano a ser implementado, pois tem a ver, essencialmente, com os processos e procedimentos clínicos. Envolvidos estarão todos os profissionais, com destaque para a área de enfermagem, que é crucial”, apontou Henrique Capelas.

Em causa está a aplicação de 98 critérios, padrões de estandardização de excelência, bem como linhas orientadoras internacionais, que a unidade hospitalar terá de cumprir com sucesso. A avaliação será feita, trimestralmente, por um grupo da qualidade que irá monitorizar o processo e incentivar e apoiar os profissionais envolvidos.

“Os resultados monitorizados terão de ser apresentados e, depois, enviados para a avaliação. No fundo, serão como testes que vamos fazendo de três em três meses e nos quais vamos tirando nota positiva ou negativa”, comparou o presidente do conselho de administração.

Para a população em geral, a acreditação da qualidade será uma forma de garantia de segurança, conforme explicou Henrique Capelas.

“A saúde é muito séria para ser fruto de inspiração. Tudo tem de ser muito exacto e correcto e é por isso que, ao introduzir procedimentos estandardizados, damos uma maior segurança em termos de risco clínico, maior segurança aos utentes e também aos próprios profissionais”.

Este é um processo que representa um investimento significativo para o Centro Hospitalar do Nordeste mas que, no entender de Henrique Capelas, se traduzirá numa melhoria para o bem-estar dos utentes, da organização e dos profissionais.

O presidente do conselho de administração lembrou, ainda, que embora o processo de acreditação da qualidade se inicie apenas no próximo ano, a unidade hospitalar de Bragança tem conseguido lugares cimeiros no ranking da qualidade, emitido pela Escola Nacional de Saúde.

 

Parcerias com Zamora 

As parcerias entre Bragança e Zamora, no âmbito da saúde, são para continuar. Actualmente, o Centro Hospitalar de Zamora e o Centro Hospitalar do Nordeste têm um projecto, no âmbito do Interreg, para o intercâmbio de profissionais.

O Centro Hospitalar de Zamora tem, ainda, um acordo com a Escola Superior de Saúde para o intercâmbio de estagiários na área de Enfermagem, acordo que deverá ser alargado a outras licenciaturas.

Presente no I Congresso de Qualidade, o presidente do Centro Hospitalar de Zamora, Rafael Lopes, notou que ambas as instituições se confrontam com problemas comuns, do ponto de vista sanitário e do ponto de vista dos recursos.

“A única diferença é que em Espanha a gestão é 100 por cento pública, gratuita e universal”, notou.

Mas há outras diferenças. Segundo Rafael Lopes, os hospitais em Espanha são obrigados a cumprir um plano anual de gestão, cujo orçamento nunca pode derrapar daquilo que está previamente definido. Depois, há uma série de pressupostos e objectivos anuais que devem ser cumpridos, sendo que os hospitais são avaliados pelo cumprimento, ou não, desses mesmos objectivos.

A nível da qualidade, Zamora já implementou o processo de acreditação, estando a trabalhar na qualidade de excelência. 

 

publicado por Lacra às 09:50

 

 

 

Uma colisão entre uma carrinha e um carro, ontem à tarde, no IP4, no Alto de Rossas, em Bragança, causou três feridos, um deles em estado grave – um homem de 60 anos que seguia no veículo de carga e ficou encarcerado e, à noite, teve de ser evacuado para o Porto.

 

Apesar do aparato, o trânsito não foi cortado no IP4.

 

Foto retirada daqui

publicado por Lacra às 09:47
tags: ,

Um homem, com idade entre 35 e 40 anos, foi encontrado morto, ao fim da tarde de ontem, numa casa abandonada no bairro Vale de Álvaro, Bragança.

O indivíduo não está identificado, mas julga-se que será moldavo e sabe-se, ainda, que era conhecido por "Mike". 

 

A PSP esteve no local, alertada por uma chamada anónima, mas foi descartada a hipótese de crime. As autoridades devem, agora, tentar ouvir outros cidadãos de países de leste que vivam na cidade de Bragança, na tentativa de identificar o homem.

 

publicado por Lacra às 09:41



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
18
27
28
29
30
31
blogs SAPO