Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
26 de Fevereiro de 2010

Em Mirandela, uma família vive em constante sobressalto e com receio de que possa acontecer uma tragédia protagonizada por um membro da família que sofre de graves distúrbios psíquicos. Trata-se de um drama social que já assume contornos de segurança pública. Já foram feitas várias tentativas de internamento, junto do Ministério Público, da Segurança Social e do Delegado de Saúde, mas sempre sem sucesso.

Já em 2007, o tribunal de Mirandela decretou a interdição, por anomalia psíquica, de Fernando Ribeiro, por sofrer de “esquizofrenia paranoide e atraso mental ligeiro”, que lhe acarretam incapacidade absoluta para se reger a si próprio e aos seus bens.

Fernando ficou a cargo da mãe que, após ter sido agredida física e psicologicamente pelo filho durante anos, deu entrada, há cerca de dois meses, no lar de idosos, e não quer voltar para casa com receio do próprio filho. “Já tentou incendiar a casa com a mãe lá dentro e destruiu quase todos os electrodomésticos”, conta Liliana Ribeiro, cunhada do Fernando.

Actualmente, Fernando Ribeiro, vive sozinho, com a ajuda de familiares que lhe fornecem a alimentação. “Há pessoas que têm pena e ajudam, porque ele anda sempre a pedir comida e dinheiro, apesar de não precisar porque nós fazemos”, diz.

“Ele é perigoso, quando lhe levamos o almoço ou o jantar somos obrigadas a fugir, porque ele vem com uma faca ou com as tenazes e já bateu à mãe”, explica a familiar. “Numa altura, agarrou-me com bastante força e o que me valeu foi a presença dos irmãos”, conta.

Liliana Ribeiro decidiu dar a conhecer este caso, na esperança de conseguir uma maior preocupação das autoridades competentes para com esta situação que, no seu entender, “poderá ser uma bomba relógio” prestes a explodir da pior forma. “Temos medo que um dia faça uma asneira, que magoe alguém ou que alguém o magoe a ele, porque as pessoas começam a sentir-se fartas das atitudes dele, de andar à noite pelas propriedades dos outros, a tirar roupa ou a estragar alguma coisa, um dia alguém não sabe que ele é doente e vai ter uma atitude má. Se calhar, só nessa altura é que vai ter direito a internamento.”

Apesar deste ser um caso conhecido pela maioria da população de Mirandela, ainda há quem não respeite a doença do Fernando e agudize o seu estado de saúde, oferecendo-lhe bebidas alcoólicas. Nesse sentido, Liliana Ribeiro pede para que isso não se repita.

De salientar que já foram apresentadas diversas queixas na PSP de Mirandela, e que recentemente, Fernando Ribeiro, após ter entrado em convulsões fortes, foi socorrido no hospital local, onde foi elaborado um relatório médico tendo sido enviado para a ala de psiquiatria do hospital de Bragança, onde foi consultado por um clínico geral, que terá telefonado ao psiquiatra e este, segundo a família, terá dão alta sem sequer o consultar.

Fernando Ribeiro, tem 40 anos e, apesar da doença de que padece lhe afectar a capacidade de raciocínio, juízo ou tomadas de decisões, está neste momento, por sua conta e risco. Resta saber até quando. 

publicado por Lacra às 18:50

Este fim-de-semana regressa o Campeonato, com um interessante derby regional, que vai opor o Boticas ao Académico. Na primeira volta, os mogadourenses venceram, mas houve muita luta até ao fim, pelo que (e considerando as contas das duas equipas) haverá jogo grande.

Recorde-se que o Académico de Mogadouro venceu, no passado Sábado, o GS Loures por 3-1, uma vitória a contar para a Taça de Portugal. Espera-se agora um sorteio mais favorável que permita tentar as meias-finais da competição por eliminatórias. 

 

Fonte: Mensageiro Notícias

publicado por Lacra às 18:01

 O deputado socialista Mota Andrade perdeu o mandato na Assembleia Municipal de Bragança por não ter tomado posse no tempo previsto, nem ter justificado no tempo útil as faltas dadas. A denúncia foi feita pela CDU de Bragança que vai hoje levantar o caso na sessão pública da assembleia municipal.

A Assembleia Municipal irá agora organizar o processo e enviar para o Ministério Público, de acordo com o previsto na Lei.

Mota Andrade candidatou-se como cabeça de lista à Assembleia Municipal de Bragança pelo PS. É presidente da federação distrital socialista e deputado pelo distrito de Bragança na Assembleia da República.



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
blogs SAPO