Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
03 de Janeiro de 2010

O ministro da Agricultura, António Serrano, vai visitar Vinhais, durante a Feira do Fumeiro, para assinar um contrato de financiamento com a empresa local de comercialização da castanha – a Cacovin.

A Cacovin é uma empresa local privada, onde a autarquia vinhaense tem uma participação, e que labora na área da comercialização da castanha. No ano passado, a autarquia anunciou a intenção de se candidatar ao programa comunitário Proder para desenvolver uma nova linha de tratamento e embalagem da castanha e frutos secos, bem como dos legumes.

A assinatura do contrato de financiamento com o Governo vai traduzir-se, segundo o presidente da autarquia, Américo Pereira, na “passagem a uma nova fase”.

“A empresa está a laborar há cerca de três anos e vai agora enrar nua nova fase, no sentido de dar maior resposta às necesidades dos agricultores locais”, afirmou.

O objectivo é criar condições para que “os agricultores possam produzir mais e com a garantia que conseguem o escoamento”.

António Serrano deverá visitar Vinhais no último dia da Feira do Fumeiro, dia 14 de Fevereiro. O certame começa a dia 11 e deve ainda atrair outros membros do Governo, como já tem acontecido em anos anteriores.

No entender de Américo Pereira, a Feira do Fumeiro já alcançou um “estatuto” que a coloca na agenda dos membros governamentais.

“Há feiras que têm estatuto para ser visitadas por membros do Governo, como a de Santarém ou a Ovibeja, ou a Feira do Fumeiro de Vinhais”, apontou.

 

Calendário de feiras em estudo

O autarca só lamenta que os autarcas da região ainda não tenham definido um calendário de eventos que permita que os acontecimentos não se sobreponham entre si.

Na mesma data da Feira do Fumeiro realiza-se, em Miranda do Douro, o Festival de Sabores Mirandeses e é provável que outros eventos aconteçam simultaneamente. Américo Pereira considera que é possível articular os acontecimentos de forma a estabelecer um calendário de Inverno com eventos todos os fins-de-semana, de Novembro a Março.

A autarquia de Vinhais está já a estudar essa solução conjuntamente com os restantes autarcas da raia, como Vimioso ou Montalegre.

Américo Pereira ressalva, no entanto, que há certames que não precisam de marcar data, nomeadamente a Feira do Fumeiro de Vinhais, a de Boticas e a de Montalegre.



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
subscrever feeds
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
18
blogs SAPO