Dia-a-dia de um distrito rural, doze concelhos e meia dúzia de pequenas cidades encravadas nas montanhas mais a norte de Portugal
09 de Dezembro de 2009

 São conhecidos como “Anjos do Negócio”, ou Business Angel’s, e transportam para Portugal um conceito desenvolvido nos Estados Unidos. Pretendem apoiar boas ideias de negócio, entrando com capital financeiro e com experiência empresarial, tendo como perspectiva que só é dinâmica uma economia inovadora.

O Instituto Politécnico de Bragança (IPB) “ofereceu-se” para ser uma espécie de âncora da associação Business Angel’s e promoveu um encontro entre os representantes, Nerba, autarquia e empresários.

“É um conceito inovador e interessante na medida em que são os representantes da associação que se oferecem para ser parceiros no negócio, dando corpo a ideias concretas e fomentando o espírito de empreendedorismo entre os nossos alunos e potenciais empresários da região”, considerou Sobrinho Teixeira, presidente do IPB.

No encontro foram apresentados três projectos que, depois de analisados, poderão vir a ser apoiados pelos Business Angel’s. Um desses projectos foi desenvolvido por um aluno de Geriatria do IPB e está relacionado com a assistência à terceira idade; outro é voltado para as novas tecnologias e, por fim, foi também apresentado um projecto relacionado com as questões de segurança de cacifos electrónicos.

Mais do que seleccionar áreas, João Roza, presidente da associação, diz que há uma “selectividade de ideias” e “boas ideias podem nascer em qualquer localidade”. O papel da associação passa depois pela análise do projecto e, caso haja potencial, pelo investimento, que pode ser feito apenas pela associação ou em conjunto com empresários privados.

“A associação pode trazer novas formas de investimento que saem fora das formas tradicionais que a banca muitas vezes propõe. Podemos aportar capital de investimento, bem como a nossa experiência de gestão, de forma a que esses projectos que nascem localmente possam ser projectos de impacto nacional e internacional”, explicou João Roza.

Durante o encontro, os Business Angel’s assinaram três protocolos bilaterais com a autarquia, Nerba e IPB.

O Nerba, enquanto estrutura distrital com representação nos doze concelhos e em empresas de destaque, pretende aqui assumir-se como “receptor” dos potenciais investidores. Da mesma forma, o IPB, com o seu gabinete de empreendedorismo, visa incorporar uma postura de ligação ao meio empresarial e às “boas” ideias que nasçam dentro do instituto, junto da comunidade escolar.

Já a autarquia brigantina quis também associar-se e “dar todo o apoio possível” de forma a incentivar a economia.

A Associação Business Angel’s está implementada em várias cidades do país e em vários países Europeus. O contacto directo com os responsáveis  e a apresentação de candidaturas é também possível através do sítio da Internet, (www.apba.pt). 

publicado por Lacra às 10:12



Related Posts with Thumbnails
últ. comentários
obrigado Cris:)
Bem vinda :))
Helder Fráguas sofreu a perda da sua companheira, ...
Para mim e para muita gente a volta às adegas para...
Estou habituado na leitura de blogs on line, adoro...
me llamo fedra soy de santa fe argentina tengo 9 ...
Carissimos,Eu não sei quem inseriu o comentário em...
todos os comentários estão disponíveis e vísiveis.
Como faço para ler os outros comentários ? Ou esse...
deixo aqui o meu comentário; por acaso pude apreci...
Locations of visitors to this page
Eu sou Jornalista
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
19
26
blogs SAPO